Doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil. Confira abaixo 35 dicas de cardiologistas e outros profissionais da saúde para diminuir o risco e viver mais.

Por CHARLOTTE HILTON ANDERSEN
fordeno/iStock

1. Como ovos

“A ciência mostra que uma alimentação sem colesterol não reduz necessariamente o colesterol da pessoa. Na verdade, quando seu nível no alimento é alto, esse colesterol costuma agir como antioxidante. Os ovos são ricos em proteínas que saciam e em gorduras essenciais.”

DRA. CAROLYN DEAN, naturopata e autora do livro Atrial Fibrillation: Remineralize Your Heart (Fibrilação atrial: remineralize seu coração)

demaerre/iStock

2. Durmo oito horas por noite

“A falta de sono está ligada à pressão arterial mais alta, fator de risco para cardiopatias. Tento me deitar às dez toda noite. Não assisto à TV logo antes de me deitar e escureço o quarto. Também nunca bebo cafeína depois das dez da manhã e evito bebidas alcoólicas nas noites de trabalho.”

DRA. JENNIFER HAYTHE, cardiologista e professora-assistente de Medicina do Centro Médico da Universidade de Colúmbia

ktbran/iStock

3. Uso as escadas

“Os confortos modernos, como os elevadores e escadas rolantes, reduzem a quantidade de exercício que fazemos no cotidiano. Para contrabalançar, subo escadas em todas as oportunidades.”

DR. RICHARD WRIGHT, cardiologista e presidente do Pacific Heart Institut do Centro de Saúde Providence Saint John

Poike/iStock

4. Medito

“O estresse provoca a liberação de catecolamina, composto orgânico que pode levar à insuficiência cardíaca e ao infarto. Obtenho alívio com 20 minutos diários de meditação.”

DRA. ARCHANA SAXENA, cardiologista do Centro Médico Luterano da Universidade de Nova York