As cebolas são membros da família das aliáceas, que também inclui o alho e o alho-poró. As variedades de cores branca e amarela  são ideais para cozinhar, pois se tornam suaves e doces com o cozimento e dão sabor aos outros alimentos. Além disso, fazem muito bem à saúde! Descubra abaixo 6 incríveis benefícios da cebola, e também como escolher e armazenar corretamente.

Benefícios da cebola para a saúde

1 Protege contra câncer de pulmão

Um estudo norte-americano publicado no Journal of the National Cancer Institute demonstra uma relação significativa entre uma alimentação com alto consumo de flavonoides e uma redução do risco de câncer de pulmão. Entre os alimentos com os flavonoides que oferecem a maior proteção estão a cebola, a maçã, a laranja e o morango.

2 Afasta outros tipos de câncer

Os compostos sulfurosos e os flavonoides na cebola podem bloquear o potencial cancerígeno de alguns carcinogênicos. Um estudo chinês relatou que homens que comiam pelo menos uma colher de sopa de cebola picada e outros vegetais relacionados (como alho, cebolinha e alho-poró) por dia tinham aproximadamente metade do risco de desenvolver câncer de próstata em comparação com homens que comiam menos de 1/4 de colher de sopa (4 ml) desses vegetais diariamente.

3 Previne o infarto do miocárdio

Curandeiros há muito recomendam a cebola como um tônico cardíaco, e pesquisadores agora documentaram que a adenosina, uma substância semelhante ao ácido acetilsalicílico presente na cebola, impede a formação dos perigosos coágulos que levam ao infarto.

4 Aumenta os níveis do “bom” colesterol

Estudos indicam que a cebola protege as artérias contra obstrução graças à elevação dos níveis sanguíneos do HDL, (o colesterol “bom”).

5 Estabiliza os níveis de glicose no sangue

Em um estudo egípcio com ratos diabéticos, o sumo da cebola reduziu em 70% o nível de glicose do sangue. Um dos poucos estudos sobre humanos, publicado na Índia, data de aproximadamente 30 anos, mas estabeleceu que diabéticos que comiam 57 g de cebola por dia experimentaram uma redução significativa dos níveis de glicose no sangue.

Pesquisadores creditam esse efeito aos componentes sulfurosos e aos flavonoides da cebola. Além disso, a cebola é uma rica fonte de cromo; um oligomineral que melhora a capacidade do corpo de responder à insulina.

6 Impede infecções de pele

A cebola possui substâncias que têm um efeito antibacteriano leve, podendo validar a cultura popular de que esfregar uma cebola crua em um corte previne infecções. No entanto, há necessidade de mais pesquisas sobre o assunto.

 

Como escolher e armazenar as cebolas

A cebola comum deve ser firme, com a casca seca e quebradiça. Descarte as moles ou com manchas pretas, que indicam mofo, ou que tenham brotos verdes no topo – estas já estão passadas. Elas devem ter um aroma suave. Um odor forte de cebola é indicativo de apodrecimento.

Depois da compra, a cebola deve ser armazenada em ambiente seco e fresco, protegida da luz direta, que pode torná-la amarga. Não a coloque perto de batatas, que soltam umidade e um gás que estragam a cebola mais rápido.

Dica extra: prefira crua!

Cozinhar a cebola em alta temperatura reduz significativamente os benefícios do dialilsulfeto; o fitoquímico protetor contra o câncer presente na cebola. A cebola crua oferece maiores benefícios, e picá-la (ou até mesmo mastigá-la) ajuda a liberar seu poder fitoquímico. Então, que tal acrescentar cebola à salada?