Para quem tem alergia, os simples fatos de fazer carinho em um gato, tirar o pó de uma estante ou abrir uma janela deixam milhões de pessoas fungando e espirrando. Contudo, mais que a poeira ou o pelo do gato, a real responsável por esses sintomas é a reação exagerada do sistema imunológico dessas pessoas. São as alergias do outono, da mudança de estação, período em que quem já é alérgico sofre ainda mais com isso.

O que é

“Rinite alérgica” é a expressão médica usada para designar os sintomas nasais causados por alergias a diversas partículas que circulam pelo ar. Esse quadro clínico tanto pode manifestar-se como um incômodo ocasional quanto como um problema grave, a ponto de interferir em quase todos os aspectos da vida cotidiana.

Se os sintomas aparecerem na primavera, é possível que você seja portador de uma alergia sazonal, também conhecida como febre do feno e desencadeada pelo pólen das plantas. E no outono, com o tempo seco e frio, os alérgicos sentem a mudança da estação de longe, e chega a temporada dos espirros. Se você tem sintomas o ano todo – as chamadas alergias perenes – os culpados mais prováveis são os ácaros da poeira doméstica, os fungos ou os pelos de animais. É possível que você seja alérgico a uma ou mais dessas substâncias. Independentemente do tipo de alergia, os sintomas são os mesmos. Pessoas que sofrem de rinite alérgica podem apresentar menos resistência a resfriados, gripes, sinusites e outras mazelas respiratórias.

A lavagem da roupa de cama em água bem quente (90ºC) elimina os ácaros da poeira que se acumulam e desencadeiam reações alérgicas.

Causas

Quando bactérias, vírus ou outras substâncias entram em contato com o organismo, o sistema imunológico prepara-se para destruir os microrganismos que causam a doença, mas ignora partículas inócuas, como o pólen. Entretanto, em algumas pessoas, ele não consegue distinguir as substâncias ameaçadoras das benignas. Em decorrência disso, partículas inócuas podem desencadear, na área onde o elemento irritante penetrou (nariz, garganta ou olhos), a liberação de histamina, uma substância de ocorrência natural, e de outros compostos inflamatórios. Leia sobre os 5 mitos sobre alergias e asma.

Ninguém sabe por que o sistema imunológico apresenta esse tipo de reação exagerada, mas alguns especialistas acreditam que a má nutrição e os poluentes presentes no ar possam enfraquecer as defesas imunológicas. Em algumas famílias, a rinite alérgica também é hereditária. Sobre como reconhecer alergia, clique aqui.

SINTOMAS

Vermelhidão ou intumescência dos olhos, às vezes com círculos escuros à sua volta

Espirros

Congestão nasal

Corrimento claro pelo nariz

Garganta irritada

Cansaço

Como os suplementos podem ajudar

No lugar de medicamentos vendidos com ou sem prescrição médica, tente a quercetina. Enquanto outras drogas simplesmente bloqueiam o efeito da histamina, esse flavonoide inibe sua liberação – sem qualquer efeito colateral. A associação com a urtiga ajuda a combater espirros, coceiras e o intumescimento das vias nasais.

A vitamina A e a vitamina C reforçam o sistema imunológico; a vitamina C, o principal antioxidante nas células das vias respiratórias, também pode ter efeitos anti-inflamatórios e anti-histamínicos. O ácido pantotênico, uma das vitaminas do complexo B, possivelmente reduz a congestão nasal. Você pode optar por tomar os três nutrientes juntos durante o período do ano que desencadear mais crises. Mesmo que esteja usando medicamentos tradicionais para aliviar sintomas específicos. Assim, nos casos graves de febre do feno, a ephedra (Ma huang) pode ajudar a abrir as vias respiratórias. Você pode usar ephedra com quercetina e urtiga, mas não com anti-histamínicos e descongestionantes prescritos pelo médico.

O que mais você pode fazer

–  Fique em casa
E com as janelas fechadas, quando o nível de poluição estiver muito alto. Use ar-condicionado, inclusive no carro, e limpe o filtro regularmente.

– Elimine carpetes e use nos móveis capas laváveis
Envolva colchões e travesseiros com protetores antialérgicos e lave a roupa de cama semanalmente em água bem quente. Os ácaros da poeira acumulam-se nesses locais.

– Mantenha os locais úmidos limpos, para prevenir o crescimento de fungos.

Quando procurar o médico

– Se você apresentar espirros ou dificuldades respiratórias – eles podem ser sinal de um acesso de asma, que exige tratamento imediato.

– Se você tiver febre ou dor de cabeça que piore quando se inclina para a frente ou se o catarro ficar verde ou amarelo – ambos podem indicar sinusite.

– Se os sintomas de alergia interferirem em suas atividades diárias, e os suplementos naturais não ajudarem.

Lembrete:

Se você tem algum problema de saúde, converse com seu médico antes de tomar suplementos.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!