Ficar por dentro das novas descobertas da medicina é tão importante quanto cuidar da saúde. Confira abaixo algumas das notícias do mundo da medicina!

Percevejos e cheiro humano

Os percevejos proliferaram no mundo inteiro nos últimos anos. Embora não transmitam doenças, suas picadas são incômodas e podem provocar reações alérgicas. Uma experiência da Universidade de Sheffield, no Reino Unido, indica que os bichinhos viajam na roupa suja guardada em quartos de hotel. Pesquisadores deixaram oito conjuntos de roupas – quatro limpos e quatro usados – e soltaram percevejos no local. A maioria deles correu para a roupa suja, sugerindo que vestígios do odor do corpo humano podem atraí-los.

Dance para não envelhecer

Já se demonstrou que a atividade física atenua os efeitos do envelhecimento do cérebro, mas alguns exercícios podem ser melhores que outros? Pesquisadores alemães compararam um programa de resistência e flexibilidade (ciclismo, caminhada nórdica, alongamentos) com um curso de dança (jazz e salsa). Após 18 semanas, participantes de ambos os programas ganharam volume no hipocampo, região do cérebro ligada à memória e ao equilíbrio e propensa ao declínio ligado à idade. Mas só o grupo da dança mostrou melhora mensurável do equilíbrio. Desafios como aprender os passos podem explicar esse benefício.

Oleaginosas contra o peso

O senso comum diz que as oleaginosas, ricas em gordura e energia, não servem para quem quer controlar o peso. Mas, num recente estudo publicado na European Journal of Nutrition, com mais de 373 mil participantes, quem comeu mais oleaginosas (inclusive amendoim) engordou menos em cinco anos quando comparado a quem se absteve delas. A probabilidade de ficar acima do peso ou obeso também foi 5% menor. As oleaginosas dão saciedade, observou um dos autores, e podem substituir produtos de origem animal numa refeição.

POR SAMANTHA RIDEOUT