Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Artigo exclusivo para assinantes!
Cadastre-se para continuar lendo!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 13 de março de 2020

Descubra quando o estresse e a ansiedade podem lhe fazer bem

Contrariando o que muitos acreditam, pesquisadores dizem que a ansiedade e o estresse são inevitáveis e podem ser úteis.

Imagem: MangoStar_Studio/iStock

Embora possam atingir níveis que nos fazem mal, o estresse e a ansiedade são inevitáveis e, às vezes, até úteis, de acordo com uma apresentação da psicóloga Lisa Damour na convenção anual de 2019 da Associação Psicológica Americana.

O estresse é a sensação desconfortável de tensão que vem quando agimos no limite de nossas capacidades ou quando temos de nos adaptar a mudanças. Nem toda situação estressante é negativa, enfatizou Damour. Por exemplo, receber uma promoção pode ser tão estressante quanto se divorciar. Seja qual for a causa, o estresse moderado aumenta a resiliência para enfrentar dificuldades novas.

7 maneiras de transformar o estresse em força

A ansiedade é um sentimento de medo ou preocupação. Evoluiu para nos alertar de possíveis ameaças e, em geral, vale a pena prestar atenção nela. O estudante ansioso com a possibilidade de ir mal na prova provavelmente se sentirá melhor depois de estudar, exemplo dado por Damour.

O estresse se torna insalubre quando é crônico (constante, sem períodos suficientes de recuperação) ou traumático. A ansiedade também pode fugir do controle, ainda mais se continuar subindo sem razão aparente ou se for desproporcional em relação ao gatilho. Os psicólogos podem ajudar a controlar problemas assim. Mas, em vez de ficar estressado com o estresse ou ansioso com a ansiedade, saiba que evitá-los completamente, além de irreal, também é indesejável.

Descubra também como a raiva pode afetar a sua saúde!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados