Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 4 de setembro de 2018

Desvende 5 mitos comuns sobre o câncer

Descubra quais são as 5 afirmações mais comuns sobre o câncer que não são verdadeiras.

Imagem: AlexRaths/iStock

Pesquisadores da Sociedade Americana do Câncer decidiram investigar o quanto as pessoas sabem sobre o câncer. Você ficará surpreso com as descobertas. Mais de 25% dos mil entrevistados acreditam que as afirmações a seguir são verdadeiras. Se você também pensava que elas fossem verdadeiras, cuidado: a falta de conhecimento sobre o câncer representa um fator de risco para que a doença se desenvolva. Por esta razão, procure sempre se informar sobre o assunto e lembre-se de realizar exames periódicos com um médico confiável.

 

  • IndigoLT/iStock

    Mito 1 – O risco de se morrer de câncer está aumentando.

    Na verdade, o risco de morte diminui à medida que melhoram o diagnóstico e o tratamento do câncer cai à medida que as pessoas param de fumar e mudam o estilo de vida.


  • Pitiphothivichit/iStock

    Mito 2 – Poluição causa mais de câncer de pulmão do que fumo.

    Não. Ela até aumenta o risco de câncer de pulmão, mas esse aumento é minúsculo se comparado ao tabagismo: o fumo causa 90% dos cânceres de pulmão, a poluição causa 3%. Para saber mais clique aqui!


  • Rawpixel/iStock

    Mito 3 – Lesões físicas em idade avançada causam câncer.

    Na verdade, não. Apesar de alguns estudos terem estabelecido uma relação entre determinadas lesões, como o traumatismo craniano, e o risco de tipos raros de câncer no futuro, grande parte das ocorrências dessa doença não tem nada a ver com traumas.


  • ocipalla/iStock

    Mito 4 – Dispositivos eletrônicos causam câncer.

    Embora quaisquer riscos provenientes do uso intenso e de longo prazo ainda não tenham sido esclarecidos, a maioria dos estudos mostram que o uso de celulares em curto prazo não representa riscos.


  • AGrigorjeva/iStock

    Mito 5 – A forma como você vive quando jovem tem pouco efeito no risco de câncer.

    Uma única queimadura de sol grave na adolescência pode causar  um melanoma, o tipo de câncer de pele mais grave, 30 anos depois. Fumar durante apenas um ano provoca lesões genéticas nas células dos tecidos pulmonares que podem desencadear o surgimento de células cancerígenas décadas mais tarde. Alguns estudos estão descobrindo agora que as “sementes” do câncer podem ser identificadas ainda no útero – com base no que a mãe fez enquanto estava grávida.


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados