Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 1 de junho de 2019

Nariz sangrando: causas, tratamentos e quando se preocupar

As estatísticas apontam que cerca de 10% das hemorragias nasais exigem cuidados médicos.

Imagem: sefa ozel/iStock

Se escorre sangue do nariz, a situação pode ser tão grave quanto o fenômeno dramático sugere, mas a probabilidade de que não seja é maior. A parede entre as narinas é cheia de vasos minúsculos que se rompem com facilidade com um golpe no nariz ou por assoar com muita força, por exemplo. A irritação e a obstrução causadas por alergias, gripes e resfriados também podem provocar sangramento, assim como o ar seco ou o uso excessivo de descongestionantes.

Nenhum desses casos merece grande preocupação. Dito isso, medicamentos ou transtornos anticoagulantes como a hemofilia podem provocar sangramento contínuo que merece cuidados médicos. Às vezes, o vaso sanguíneo danificado é um dos maiores no fundo do nariz, perto da garganta. As hemorragias nasais posteriores, como se chamam essas lesões, são menos comuns, porém mais graves do que as próximas da abertura da narina. Suas possíveis causas podem ser um golpe na cabeça, uma fratura do nariz ou um tumor nasal. Portanto, se tiver razões para desconfiar de uma hemorragia posterior, vá para o hospital.

O que fazer?

Senão, comece sentando-se e inclinando-se um pouco para a frente. Isso vai direcionar o sangue para o nariz e não para a garganta nem para as vias aéreas. “Engolir o sangue pode provocar náusea e vômitos”, diz o Dr. Martin Sorge, coautor de uma revisão alemã recente de tratamentos para hemorragias nasais. “Além disso, há o perigo de respirar sangue, o que pode provocar pneumonia.” Pelas mesmas razões, não se deve deitar antes que a hemorragia pare.

Em seguida, segure com firmeza a parte mole do nariz, abaixo da ponte óssea. Mesmo que esteja claro que só uma narina foi afetada, aperte as duas; isso aplicará pressão suficiente na lesão para estancar o sangramento. Fique assim durante pelo menos dez minutos antes de soltar o nariz para ver como está a situação.

Em geral, o sangramento vai parar em até vinte minutos de pressão, mas, se não parar, vá para o pronto-socorro. Também vá ao hospital se você engoliu sangue a ponto de provocar vômitos e se houver dificuldade para respirar ou sintomas de perda excessiva de sangue, como tontura, desmaio ou falta de ar.

Descubra também: 6 novos tratamentos para doenças graves

Os médicos têm seus truques, não disponíveis em casa. Se conseguirem identificar o local do sangramento, provavelmente tentarão cauterizá-lo com produtos químicos. Caso contrário, podem decidir pressionar a ferida, onde quer que ela esteja, preenchendo o espaço interno do nariz. Com esse fim, podem tapar seu nariz com gaze estéril lubrificada ou, se for uma hemorragia nasal posterior, encher um balão de formato especial dentro da narina.

Depois de resolvida a hemorragia, há providências que você pode tomar para não reabrir a ferida. Nos dois dias seguintes, não assoe o nariz se puder evitar. Caso sinta um espirro chegando, tente liberar a maior parte dele pela boca. Se acha que o ar seco é um fator, experimente umidificar o quarto ou usar um gel nasal salino ou à base de água. Evite levantar peso, porque isso pode forçar o vaso sanguíneo lesionado, e abstenha-se de fumar (porque seca o nariz) e de tomar banhos e líquidos muito quentes (o vapor pode dilatar os vasos sanguíneos). Em resumo, seja gentil com seu nariz e lhe dê a oportunidade de sarar.

 POR SAMANTHA RIDEOUT

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados