O mês de novembro chegou e, com ele, o Novembro Azul 2018. A já tradicional campanha mundial foi criada para conscientizar os homens sobre a importância da prevenção e diagnóstico do câncer de próstata. Só para o Brasil, o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima em torno de 70 mil novos casos de câncer de próstata para 2018 e 2019. Apenas o câncer de pele supera o número de diagnósticos de câncer entre os homens no país. Veja a seguir quais as causas e sintomas do câncer de próstata, além de como se previnir desse mal.

O que é o câncer de próstata

A próstata é uma glândula pequena que só os homens têm e se localiza abaixo da bexiga. Ela é responsável pela produção de parte do sêmen, o líquido que contém os espermatozóides e é liberado durante o ato sexual.

O câncer de próstata é uma consequência negativa da testosterona, hormônio que estimula o crescimento das células prostáticas. Com o avanço da idade, os mecanismos celulares que evitam as anormalidades nas divisões das células e destroem as células defeituosas ficam enfraquecidos, permitindo que as células se dividam com defeitos sem parar, com o estímulo em parte de hormônios masculinos como a testosterona. Assim, dois em cada três casos de câncer de próstata são detectados em homens com mais de 65 anos.

As células “com defeito” formam os tumores que, na grande maioria dos casos de câncer de próstata, crescem tão devagar que não chegam a atingir um tamanho que cause problemas à saúde. Porém, alguns podem crescer com rapidez, se espalhar para outros órgãos e levar ao óbito. Portanto, os homens que possuem fatores de risco, como obesidade e casos de câncer de próstata antes dos 60 anos na família, precisam ficar especialmente atentos aos sintomas.

Sintomas

Os principais sintomas de câncer de próstata são:

  • Micção mais frequente que o normal;
  • Dificuldades de micção (para começar ou para interromper o fluxo de urina);
  • Diminuição do jato de urina;
  • Dor ao urinar;
  • Presença de sangue na urina ou no sêmen.

Porém, existem outras doenças que podem causar os mesmos sintomas ou semelhantes. Por isso, a consulta médica é fundamental para um diagnóstico correto.

Novembro Azul 2018: Como prevenir o câncer de próstata

O Ministério da Saúde, assim como a Organização Mundial da Saúde (OMS), não recomenda a prática de exames frequentes em homens que não apresentam sintomas ou não possuam fatores de risco. Assim, converse com seu médico e pergunte o que é indicado para o seu caso. Se for recomendado para você, siga a orientação e não deixe de fazer os exames de rotina. Afinal, um diagnóstico precoce pode fazer muita diferença nos casos graves.

Porém, para todos os homens, possuidores de fatores de risco ou não, a melhor forma de prevenção é cuidar da saúde e estar atento ao seu corpo para identificar rapidamente os sintomas. Para isso, você precisa:

1 Manter uma alimentação saudável

Uma dieta balanceada rica em alimentos não ultraprocessados, como frutas, legumes, verduras e grãos integrais, ajuda a reduzir o risco não só de câncer, mas também de várias outras doenças. Descasque mais e desembale menos!

2 Praticar atividade física regularmente

Apenas 30 minutos diários de atividade física já contribuem para ter mais saúde. Então, mesmo que não possa se dedicar tanto quanto o pessoal da “vida fitness”, não deixe de fazer o que pode.

3 Parar de fumar

Hoje em dia todos sabemos o quanto fumar é prejudicial à saúde, mas nem sempre é fácil parar. Se estiver precisando de ajuda, confira o artigo: Descubra como abandonar o cigarro

4 Evitar o consumo de bebidas alcoólicas

O consumo excessivo de álcool também contribui para uma saúde mais frágil. Evite.

 

Fique de olho e contribua com a campanha Novembro Azul 2018 alertando os amigos. Você pode salvar vidas!