Faça uma busca
|
Publicado em: 14 de março de 2018

Sua postura pode transformar seu humor

Imagem: g-stockstudio/iStock
A conexão entre mente e corpo é tão poderosa que o rosto revela os pensamentos mesmo quando tentamos mascará-los. Sabendo disso, pesquisadores já treinaram médicos, espiões e executivos para ler essas "microexpressões" – as emoções fugazes que revelamos. Será que podemos influenciar nosso bem-estar usando a conexão mente-corpo no sentido oposto? Em um estudo de 2013, cientistas da Universidade do Estado de Ohio, EUA, e da Universidade Autônoma de Madri, Espanha, disseram aos participantes que estavam testando fones de ouvido para fazê-los assentir ou negar com a cabeça enquanto escutavam um editorial. Os participantes instruídos a negar foram menos convencidos por argumentos ruins, enquanto os instruídos a assentir foram mais convencidos por argumentos fortes. Richard Petty, coautor do estudo, aconselha as pessoas a assentir com a cabeça quando quiserem ser positivas e a negar quando a negatividade bater. "Algumas pessoas têm pensamentos positivos, mas não têm confiança neles", afirma. "Sente-se ereto, faça que sim com a cabeça e vai sentir a diferença."

Seja qual for a posição, ocupe um bom espaço e transmita uma sensação de bem-estar.

Recentemente os cientistas começaram a investigar como os movimentos corporais podem mudar o humor. Em um estudo de 2010 conduzido por pesquisadores das universidades de Harvard e Colúmbia, 42 participantes foram instruídos a permanecer em posturas associadas ao poder ou à fraqueza. (Uma das posturas de poder consistia em se apoiar numa mesa com as mãos afastadas na distância dos ombros. uma postura de fraqueza consistia em ficar de pé com os pés cruzados e os braços abraçando o tronco.) Após dois minutos, houve alterações psicológicas: quem estava numa postura de poder se sentiu mais poderoso e correu mais riscos num jogo de azar. Também houve alterações físicas: quem adotou posturas de fraqueza apresentou níveis mais altos de cortisol (hormônio do estresse) e mais baixos de testosterona. Se manter a cabeça erguida e o sorriso aberto afeta a consciência e a felicidade, por que não usar isso para reforçar a autoconfiança? A pesquisadora Amy Cuddy, coautora do estudo de 2010, ressalta que posições de poder produzem resultados em todo o reino animal. Para os humanos, ela recomenda uma postura ereta com os pés afastados e as mãos na cintura, estilo Mulher Maravilha, ou recostar-se na cadeira com as pernas retas e as mãos atrás da cabeça. Seja qual for a posição, ocupe um bom espaço e transmita uma sensação de bem-estar.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close