Faça uma busca
|
Publicado em: 14 de abril de 2020

O que mostra o teste de PSA

Elen Ribera
Última atualização: 13 de abril de 2020
Por: Elen Ribera

O PSA é uma proteína que a próstata libera no sangue

O que mostra o teste de PSA Imagem: jarun011/iStock

Segundo alguns urologistas, a análise do sangue para determinação do antígeno específico da próstata (PSA) é uma forma de detectar o câncer da próstata em uma fase precoce, ainda com grande probabilidade de cura. Outros afirmam que não é um indicador confiável, que não identifica um número suficiente de homens com câncer e sujeita muitos outros a ecografias e biopsias desnecessárias. Então, o que se deve fazer? 

A melhor resposta é compreender as limitações da determinação do PSA e utilizá-la como parte de um programa regular de controle. Em geral, os urologistas recomendam a determinação anual do PSA juntamente com toque retal da próstata (em que o médico insere um dedo protegido por luva para palpar a glândula e verificar se tem alguma anomalia). Até então, esta combinação representa a melhor solução para os homens com 50 anos ou mais.

Um indicador não confiável do câncer da próstata 

O PSA é uma proteína que a próstata libera no sangue. Uma leitura de PSA de:

– 0 a 4 é considerada normal
– 4 a 10 é o limite ou ligeiramente elevada
– Acima dos 10 é alta

Mas o teste é um indicador da atividade da glândula, não necessariamente do câncer da próstata. Problemas comuns como a prostatite (inflamação e dilatação da glândula) ou a hiperplasia prostática benigna (HPB – aumento do volume da glândula) podem produzir números elevados. Por outro lado, uma contagem normal não garante a saúde da próstata; 10% dos homens com câncer da próstata têm uma leitura baixa. 

Se os níveis de PSA forem elevados, recomenda-se muitas vezes fazer biópsia ou uma ecografia transretal; a primeira é o único teste decisivo para o câncer da próstata. Muito embora estes exames sejam pouco dolorosos, podem causar um alarme indevido se não se tiver detectado qualquer vestígio de câncer. 

Os exames devem ser regulares? 

Fale com seu médico. Algumas entidades médicas recomendam a determinação regular do PSA aos homens com idades entre 50 e 70 anos. (Os negros, cuja  incidência de câncer da próstata é mais elevada do que a população em geral, e os homens com uma história familiar de câncer da glândula são aconselhados a iniciar os testes de PSA a partir dos 40 anos.) Outras entidades recomendam os testes do PSA apenas aos homens com sintomas de problemas da glândula, como dificuldade em urinar ou a presença de sangue na urina ou se o exame fizer parte de um estudo clínico para se saber sobre o diagnóstico do câncer da próstata.