Os óleos essenciais capturam tanto a fragrância quanto a complexa química de cura contida em certas plantas medicinais. Quando inaladas, essas essências concentradas passam diretamente para os centros nervosos do cérebro; onde podem produzir respostas variadas. Os óleos essenciais ajudam a aliviar a ansiedade e a depressão. Além disso, podem domar a reação física ao estresse, induzir o sono e intensificar a energia.

Pesquisas mostram que os aromas de determinadas ervas – como lavanda, bergamota, manjerona e sândalo – de fato alteram as ondas cerebrais, ajudando a induzir o relaxamento e o sono. Quando usados topicamente ou em inalações de vapor, ajudam a acalmar a dor e a clarear problemas de pele. Podem também aliviar a congestão e tratar infecções fúngicas, virais e bacterianas.

Dicas para a compra e a armazenagem

Muitos óleos essenciais podem ser armazenados por anos sem perder as suas propriedades. Mantenha-os em vidros escuros e bem fechados, preferencialmente em local fresco e sempre longe da luz do sol. Nunca consuma óleos essenciais; a maioria é tóxica se ingerida. Armazene-os em segurança, longe do alcance de crianças.

Como os óleos essenciais são concentrados, você deve diluí-los num “óleo transportador”, como o de amêndoas, gergelim ou jojoba, antes de aplicá-los na pele. Uma notável exceção é o óleo essencial de lavanda, que é suave o bastante para ser aplicado diretamente.

Solstizia/iStock

Abeto-branco

Propriedades: Antisséptico, anti-inflamatório, expectorante
Usos: Tosse, resfriados, dores musculares
Cuidados: Não aplique sobre a pele se o frasco estiver guardado há mais de um ano


Aamulya/iStock

Alecrim

Propriedades: Analgésico, antisséptico, alivia dores musculares, descongestionante, estimulante
Usos: Fadiga, asma, bronquite, cãibras, dores musculares, artrite, enxaqueca, ativa a memória, cabelos oleosos, caspa, estresse, depressão
Cuidados: Evite se tiver pressão arterial alta ou histórico de epilepsia; não aplique sobre peles feridas


serezniy/iStock

Bergamota

Propriedades: Analgésico, bactericida, alivia cãibras, desodorizante, antidepressivo
Usos: Eczema, depressão, ansiedade, acne, mau hálito, resfriados, bronquite, repelente de insetos
Cuidados: Não use na pele exposta ao sol; pode irritar peles sensíveis


ALLEKO/iStock

Camomila

Propriedades: Analgésico, antidepressivo, anti-inflamatório, antisséptico, sedativo
Usos: Problemas de pele, estresse, artrite, bursite, bolhas, feridas, menopausa, TPM
Cuidados: Evite no primeiro trimestre de gravidez