Faça uma busca
|
Publicado em: 16 de junho de 2019

25 dicas fantásticas para emagrecer

Confira as nossas dicas que irão ajudá-lo a emagrecer.

Imagem: Vladyslav Zaremskyi/iStock

Quando se está acima do peso, uma das melhores coisas a ser feita para a saúde em geral é perder alguns quilos. E você já sabe o que fazer quando o assunto é emagrecer: queimar mais calorias do que ingere. Provavelmente também sabe que a maioria das dietas e programas de emagrecimento rápido não é possível de ser feita por muito tempo. Por isso, é muito melhor recorrer a medidas simples e possíveis de executar diariamente, e seguir regras básicas de comer mais frutas e vegetais e menos gordura, além de praticar mais exercícios.

Com as dicas apresentadas a seguir, você pode mandar os números da balança para baixo!

25 dicas fantásticas para emagrecer

  • RuthBlack/iStock

    Uma vez por semana, permita-se uma guloseima com sabor calórico, mas que não seja de verdade. Isto deve compensar a sensação de provação e evitará que você exagere nos alimentos calóricos.


  • coffeekai/iStock

    Sirva alimentos muito calóricos como se fossem joias numa coroa. Faça de uma colher de sorvete a joia, e de uma tigela de frutas a coroa. Equilibre a quantidade de queijo com bastante salada.


  • Nastia11/iStock

    Depois do café da manhã, beba água. No café da manhã, beba suco de laranja. Mas, ao longo do dia, foque na água, em vez de suco ou bebidas gaseificadas. Uma lata de 350 ml de refrigerante contém aproximadamente 149 kcal. Pesquisas mostram que, apesar das calorias, bebidas açucaradas não proporcionam a mesma sensação de saciedade que a comida.


  • nortonrsx/iStock

    Durante uma semana carregue com você um bloco de anotações. Anote tudo o que passar por seus lábios, até mesmo água. Estudos descobriram que pessoas que mantêm um diário alimentar acabam comendo 15% menos do que aquelas que não o fazem.


  • Yobro10/iStock

    Estipule uma meta de dar pelo menos 1.000 passos extras ao dia. Em média, pessoas muito sedentárias dão 2 mil a 3 mil passos por dia. Comprometer-se a adicionar 2 mil passos contribui para manter o peso atual e impedir que ganhe; acrescentar ainda mais que isso ajuda a emagrecer.


  • leekhoailang/iStock

    Adicione 10% à sua estimativa de calorias diárias e ajuste os seus hábitos alimentares de acordo. Se você acha que está consumindo 1.700 kcal ao dia e não entende porque não está perdendo peso,acrescente 170 kcal a essa estimativa. Provavelmente, o novo número é mais preciso.


  • klenova/iStock

    Faça cinco ou seis pequenas refeições ou lanches, em vez de três refeições grandes. Um estudo sul-africano observou que quando homens comiam sua refeição matinal distribuída em intervalos de até cinco horas, eles consumiam quase 30% menos calorias no almoço do que quando tomavam um único café da manhã.


  • lzf/iStock

    Caminhe 45 minutos por dia. Por que 45  e não os típicos 30 minutos? Um estudo americano descobriu que, enquanto andar meia hora por dia é o suficiente para prevenir o ganho de peso para a maioria das pessoas relativamente sedentárias, exercitar-se por mais de 30 minutos resulta em perda de peso e de gordura.


  • gbh007/iStock

    Traga mais azul para sua vida. Existe uma boa razão para não vermos muitos restaurantes de fast-food pintados de azul: esta cor funciona como um inibidor de apetite. Então, sirva o jantar em pratos azuis, vista-se de azul para comer, tenha uma toalha de mesa azul. Evite vermelho, amarelo e laranja nos locais das refeições – essas cores nos fazem comer mais.


  • AlexandrBognat/iStock

    Elimine as roupas gordas do armário. Quando tiver alcançado seu peso-alvo, desfaça-se de qualquer peça de roupa que não sirva. A ideia de precisar comprar um guarda-roupa todo novo se você engordar outra vez é um incentivo para manter sua nova forma.


  • ArchiViz/iStock

    Pendure um espelho em frente ao seu lugar à mesa. Um estudo descobriu que comer em frente ao espelho reduziu em quase um terço a quantidade do que as pessoas comiam. Ao que parece, ter de se olhar nos olhos reflete alguns objetivos e padrões pessoais e traz à memória o motivo pelo qual se está tentando perder peso.


  • oatintro/iStock

    Diminuas os pratos. Estudos mostram que quanto menos comida puser à sua frente, menos você comerá. O contrário é tão verdadeiro quanto – independentemente de se você está com fome ou não. O mesmo vale par aos líquidos. No lugar de grandes copos e canecas de café, volte aos velhos tempos, com canequinhas ou até mesmo xícaras de café menores.


  • gustavomellossa/iStock

    Sirva o jantar no estilo restaurante, com a comida já nos pratos, em vez de servi-lo em tigelas e travessas sobre a mesa, no estilo família. Quando seu prato estiver vazio, você terminou; não há como repetir.


  • zeleno/iStock

    Sirva um prato de vegetais. Uma equipe de pesquisadores norte-americanos descobriu que consumir alimentos ricos em água, como abobrinha, tomate e pepino, durante as refeições reduz o consumo geral de calorias. Como o corpo processa a fome e a sede por meio de mecanismos diferentes, ele simplesmente não registra a sensação de saciedade apenas com líquidos. Por isso, abuse de hortaliças na hora da refeição e deixe para beber água depois.


  • nerudol/iStock

    Incremente massas com hortaliças. Para o mesmo número de calorias, você pode comer uma quantidade maior, por exemplo, de uma salada de macarrão abundante em hortaliças em vez de maionese. Experimente também acrescentar legumes para preparar uma omelete mais fofa e satisfatória, sem aumentar a quantidade de ovos.


  • Fascinadora/iStock

    Evite qualquer comida pronta que liste açúcar, frutose ou xarope de milho entre os quatro primeiros ingredientes no rótulo. É possível encontrar uma versão com baixo teor de açúcar do mesmo tipo de comida. Se não conseguir, coma uma fruta. Opte por variações sem adição de açúcar, como no caso do ketchup.


  • AaronAmat/iStock

    Coma menos de um biscoito por dia. Ou beba menos uma lata de refrigerante, menos um copo de suco, ou dê menos três mordidas em um hambúrguer. Fazer isso economiza aproximadamente 100 kcal por dia, o que é suficiente para evitar aquele 1 kg a mais que a maioria de nós ganha em um ano.


  • a_namenko/iStock

    Evite alimentos brancos. Existe alguma legitimidade científica nas atuais dietas com baixo teor de carboidratos: grandes quantidades de carboidratos simples, originários de farinha branca e açúcar, podem provocar enorme dano aos níveis de glicose sanguínea e levar ao ganho de peso. Mas não exagere. Apenas substitua açúcar, arroz branco e farinha branca por boa quantidade de arroz e pão integral.


  • fordeno/iStock

    Coma cereal no café da manhã, cinco dias por semana. Estudos constataram que pessoas que comem cereal no café da manhã todos os dias têm probabilidade significativamente menor de desenvolver obesidade e diabetes que aquelas que não comem. Elas também consomem mais fibras e cálcio e menos gordura em comparação a quem consome outros alimentos no café d amanhã. Mas certifique-se de escolher produtos com alto teor de fibras e pouco açúcar.


  • fufunteg/iStock

    Reduza as porções. Comendo em casa ou em um restaurante, retire imediatamente um terço da comida do seu prato. Hoje, comemos muito mais do que nosso corpo precisa. Estudos mostram que se você servir mais comida às pessoas, elas comerão mais, independentemente do tamanho da fome.


  • monkeybusinessimages/iStock

    Faça 90% das refeições em casa. Você tem mais probabilidade de comer alimentos mais calóricos e em grande quantidade quando come fora.


  • Tatomm/iStock

    Coma devagar e com calma. Coloque o garfo ou a colher na mesa entre cada garfada. Beba água com frequência. Intercale a alimentação com histórias sobre as coisas interessantes que aconteceram durante o dia. O cérebro demora 20 minutos para identificar os sinais de saciedade. Se você comer lentamente, o cérebro vai acompanhar o ritmo do corpo e sinalizar que você não precisa de mais comida.


  • David-Prado/iStock

    Jante apenas quando ouvir seu estômago roncar. É surpreendentemente quantas vezes comemos por tédio, nervosismo, hábito ou frustração – com tanta frequência que muitos esquecem o que é, de fato, sentir fome. Da próxima vez, espere até seu estômago roncar para comer. Se estiver ansiando por alguma comida específica, provavelmente é apenas desejo e não fome verdade.


  • rez-art/iStock

    Encontre outros meios, que não sejam comer, para expressar amor, combater o estresse e aliviar o tédio. Exemplos: faça um álbum de fotos de ocasiões especiais, em vez de uma sobremesa para a sua família; inscreva-se em um curso para controlar o estresse; ou comece um hobby, como jogar boliche.


  • Yarygin/iStock

    Pense positivo. Você já ouviu falar da força do pensamento? Se você continuar focando em coisas que não consegue fazer, como resistir ao fast-food, provavelmente não vai mesmo conseguir. Em vez disso, repita pensamentos positivos para si mesmo, “Eu posso perder peso.” “Vou fazer minha caminhada hoje.” “Eu consigo resistir ao cardápio de sobremesas.” Repita essas frases como se fossem mantras o dia todo. Logo, elas se tornarão realidade.


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados