Frutas, verduras e legumes são, igualmente, deliciosos e ricos em nutrientes importantes. Mas esses vegetais também podem dar um toque de sabor especial em seus pratos. Experimente-os. Acrescentamos algumas ideias de como usá-los nas receitas.

vegetais: alho

Imagem: Karisssa/iStock


1. Alho

Experimente esta delícia: remova as camadas fininhas e mais soltas de uma cabeça de alho, corte uma fatia fina do topo, borrife levemente com um pouco de azeite, embrulhe em papel-alumínio e asse em forno preaquecido a 180oC durante aproximadamente uma hora. A seguir, esprema a pasta cremosa que sairá da casca do alho e espalhe sobre torradas quentes.
O resultado não só é delicioso como também lhe proporcionará uma imensa dose de thioallyls, nutriente fitoterápico capaz de baixar os níveis de colesterol no sangue, além de impedir a formação de coágulos que podem vir a lesar o coração. Cientistas acreditam que você possa baixar seu colesterol em aproximadamente 9% com o simples ato de comer alguns dentes de alho fresco, diariamente, durante um período de até seis meses.

 

vegetais: abacate

Imagem: tashka2000/iStock


2. Abacate

Ele é rico em gordura, mas de gordura “boa” – do tipo monoinsaturado, que ajuda a baixar o nível de colesterol. Experimente amassar um abacate maduro com um pouco de suco de limão, uma cebola e um tomate picados como recheio de batatas cozidas ou panquecas.

Ah, vale lembrar que o abacate é um dos 20 melhores alimentos para praticantes de caminhada.

vegetais: erva-doce de cabeca

Imagem: Sabinoparente/iStock


3. Erva-doce de cabeça

A erva-doce, também conhecido como anis ou funcho, tem sabor adocicado e é muito usada em chás. As folhas delicadas podem ser usadas como tempero em sopas e massas. A base larga e bulbosa é servida como legume e pode ser comida crua ou fatiada e cortada em cubos para ensopados, sopas e recheios. Tanto as folhas quanto o bulbo ajudam a digestão e combinam bem com peixes. Não é muito fácil encontrar o bulbo à venda, mas você pode plantar a erva em casa.

batata-doce

Imagem: naito8/iStock


4. Batata‑doce

Uma única batata-doce pode proporcionar toda a quota diária recomendada de vitamina E e ainda uma porção satisfatória das vitaminas A e C, além de boa quantidade de outras vitaminas e minerais. Batatas-doces não possuem parentesco com as batatas-inglesas, mas podem ser usadas de maneira similar. Asse-as com casca ou amasse-as com um pouco de manteiga e uma pitada de canela moída na hora.

vegetais: agriao

Imagem: bhofack2/iStock


5. Agrião

Os romanos e os egípcios antigos comiam essa folha verde e picante para aumentar a capacidade mental e o nível energético. O agrião é rico em vitamina C e ferro, e também possui alto grau de antioxidantes e quantidades importantes de magnésio e potássio. Inclua-o nas saladas e misture em ensopados, sopas ou purês de batatas.

vegetais: endivia

Imagem: pilipphoto/iStock


6. Endívia

Essa cabeça cilíndrica de um verde bem claro é composta de folhas grossas e suculentas, de sabor suave e levemente amargo. A endívia é excelente fonte de ferro, potássio e fibras. Acrescente a saladas e use as folhas alongadas e firmes como colher para pastinhas. Saboroso e saudável.

vegetais: manga

Imagem: ValentynVolkov/iStock


7. Manga

Essa fruta exuberante é uma das melhores fontes de fibras e de vitaminas essenciais diárias – A, C e E. Sua polpa suculenta e doce é também excelente fonte de poderosos antioxidantes, considerados bons para ajudar a combater doenças do coração, câncer e danos causados pelo envelhecimento. Mangas são especialmente ricas em potássio, conhecido aliado na redução do risco de hipertensão. Acrescente a vitaminas, corte em cubos e mistura em saladas de frutas e verdes, e faça purês para criar fabulosos molhos para peixes e frango.

Veja aqui um menu completo de antioxidantes.

vegetais: ameixa seca

Imagem: nata_vkusidey/iStock


8. Ameixa seca

O fruto seco de certas espécies de ameixa contém uma fibra solúvel especial denominada pectina, que forma um gel nos intestinos quando ingerida. Esse gel absorve o colesterol em excesso, varrendo-o para fora de seu corpo. Misture ameixas secas com um pouco de água, faça um purê e use-o para substituir alguns dos óleos e gorduras que você usa normalmente no preparo de bolos, tortas e biscoitos. Ameixas também darão um sabor agridoce a ensopados e saladas.

Conheça outras ideias para incluir ameixa (e outras frutas) na sua dieta.