Formigas e baratas procuram o ambiente quente e farto em alimentos da cozinha. Mas é claro que este é o último lugar em que se deve usar pesticidas contendo substâncias químicas tóxicas. A boa notícia é que as opções naturais têm a mesma eficácia, além de serem mais econômicas.

Limpeza constante

O bom senso é a primeira arma para manter as pragas distantes.

1. Mantenha as bancadas da cozinha e o fogão sempre limpos e converse com todos em casa sobre a importância de limpar o que sujarem.

2. Transfira o que está na despensa para recipientes à prova de pragas. Os gorgulhos em geral vêm com você do mercado, e deixar pacotes fechados não só fornece alimento para os gorgulhos que já estão na cozinha como também facilita a entrada de outros nos armários.

3. Fique atento às datas de validade e use os alimentos seguindo essa ordem. Evite comprar muito dos artigos que usa pouco.

4. Limpe as prateleiras e os armários regularmente, lavando com sabão. Nessa limpeza, acrescente algumas gotas de óleo de cravo-da-índia à água para repelir os insetos.

5. Mesmo que encontre apenas um único gorgulho ou larva de inseto em um produto, jogue fora o produto inteiro. (Farinhas e grãos podem virar adubo.)

6. Para evitar gorgulhos, espalhe folhas de louro ou cravos-da-índia nas prateleiras dos armários e prenda-os com fita adesiva do lado de dentro das tampas dos potes.

Formigas

Elas só incomodam quando vêm para dentro de casa, portanto tente incentivá-las a sair antes de tomar medidas mais drásticas.

7. Evite deixar alimentos descobertos nas bancadas da cozinha.

8. Limpe os respingos de imediato.

9. Limpe o forno e a grelha depois de usá-los.

10. Se puder, mantenha as latas de lixo fora de casa.

11. Coloque vasos de ervas repelentes de formigas, como hortelã, poejo, arruda e tanaceto – ou ramos secos delas – nos locais problemáticos.

12. Crie uma barreira nos pontos de entrada das formigas. Por exemplo, polvilhe um rastro estreito e contínuo de pimenta-de-caiena, pimenta-do-reino ou sal no caminho delas. Ou faça um risco com giz.

13. Limpe frequentemente o peitoril da janela com óleo de cravo-da-índia ou de eucalipto. As formigas não gostam desses cheiros fortes.

14. Espalhe pó inerte de terras diatomáceas nas fendas dos armários. As partículas afiadas dessa sílica fossilizada são letais para insetos rastejantes, mas não afetam seres humanos ou animais de estimação. Use o tipo próprio para alimentos, não o utilizado nos filtros de piscina, que pode irritar os pulmões.

Baratas

Quanto menos lugares convidativos, menos baratas.

15. Para impedir que as novas entrem, instale telas de boa qualidade em todas as portas e janelas.

16. Conserte imediatamente os vazamentos de torneiras e canos – as baratas adoram lugares úmidos, escuros e quentes.

17. Guarde os alimentos todas as noites, incluindo a ração dos animais e as sementes dos passarinhos.

18. Movimente regularmente itens guardados soltos, como sacos plásticos, toalhas e produtos armazenados debaixo das pias, pois as baratas adoram se aninhar entre eles.

19. Coloque armadilhas perto das áreas de procriação das baratas. Experimente preparar uma isca de baixa toxicidade, como bórax misturado com açúcar ou geleia numa tampa.

20. Guarde as pontas dos pepinos e coloque-as nos armários. Outros repelentes de baratas são grãos de baunilha, flores de crisântemo secas e pó de píretro – este último deve ser usado com cautela e rigorosamente de acordo com as instruções da embalagem.

21. Unte o interior de um pote de vidro com óleo, depois encha-o até a metade com cerveja. Elas entrarão, mas não conseguirão sair!

Conheça outras dicas para se livrar das baratas.