Dizem que gatos dão muito menos trabalho que cães. E é verdade. Por natureza, o gato é mais independente e, acima de tudo, é limpíssimo. Mas, como acontece também com humanos, há sempre as exceções. Se o seu bichano é uma delas e não sabe usar a caixa de areia de gato, o que fazer?

1. Areia de gato longe da comida

Ponha a caixa de areia bem longe de onde os seus animais comem, num lugar tranquilo e de fácil acesso.

2. A caixa certa para o seu gato

Escolha com cuidado a caixa de areia. Alguns gatos preferem a privacidade da versão coberta, outros não. Seja como for, a caixa precisa ter tamanho suficiente para o seu animal se movimentar com facilidade. Não esqueça que gatos mais velhos e artríticos acharão difícil pular para dentro de caixas com laterais altas.

3. A quantidade certa de caixas

Tenha caixas suficientes para os seus gatos. A regrinha básica é uma caixa por gato mais uma sobressalente. O ideal é que o animal use uma para urinar, a outra para defecar. Quando o apartamento é pequeno, escolha uma segunda caixa menor.

Tem vários pets em casa? Então você precisa ler isto.

4. A quantidade certa de areia

Encha a caixa com uma camada de areia que não seja fina nem grossa demais (de 4 cm a 5 cm). Os gatos gostam de sentir o fundo da caixa quando cavam.

5. Limpeza diária

Limpe a caixa todo dia e remova dejetos sólidos e areia suja (no caso de utilizar uma caixa compacta). Troque a areia pelo menos uma vez por semana. Os gatos se acostumam a cheiros e texturas, portanto tente usar sempre a mesma marca.

6. Ajuda na adaptação

O gato se acostuma com o ambiente. Ao se mudar de casa ou mudar a localização da caixa de areia, borrife spray de feromônio calmante perto da caixa ou ponha um difusor calmante no cômodo para tranquilizar o seu animal. Ambos são vendidos em pet shops (e também pela internet).

E, acima de tudo, tenha paciência com seu bichano. Ele vai aprender, acredite.

Você é um cat lover? Então temos um pouco de humor felino para você.