Poucas coisas são tão irritantes como uma porta ou janela emperrada ou rangendo. Felizmente, é comum que sejam problemas fáceis de resolver por conta própria. Confira a seguir como fazer os consertos de forma simples e mãos à obra!

Como consertar uma porta emperrada ou rangendo

Quando uma porta range, o problema é com as dobradiças. Para resolver, aplique uma pequena quantidade de lubrificante em spray nos pinos das dobradiças. Depois movimente a porta para a frente e para trás algumas vezes. Com dobradiças de elevação, tire a porta dos pinos, lubrifique com graxa ou vaselina e coloque a porta novamente no lugar. Peça a ajuda de outra pessoa.

Já uma porta emperrada normalmente é causada por acúmulo de tinta em um dos lados. Esse problema acontece frequentemente em clima úmido, quando a madeira de uma porta externa fica propensa a inchar. Esfregar a borda da porta com uma vela pode ser o suficiente para parar um emperramento leve. Caso contrário, aguarde um período mais seco e em seguida descasque a pintura da borda da porta e do portal. Pinte novamente apenas quando a porta estiver completamente seca. Se a porta emperrar na borda inferior, retire a porta inteira quando o tempo estiver seco. Então aplaine ou lime até remover um pequeno filete da parte de baixo.

Como consertar janelas emperradas

Janelas do tipo guilhotina podem ficar presas quando os painéis estão quebrados, mas o mais comum é eles terem recebido muitas camadas de tinta.

Assine nosso conteúdo exclusivo

Passe um estilete fino e afiado pelo espaço entre a janela e a esquadria para quebrar o selamento da tinta.

Como alternativa, passe removedor de tinta – mas só se você for pintar novamente, pois isso estragará o acabamento da pintura da janela. Ou insira a ponta de uma talhadeira na parte de baixo da janela pelo lado de fora – um movimento brusco de alavanca para baixo pode quebrar o selamento da tinta antiga e soltar a janela.

Já as janelas de abrir podem ficar emperradas se tiverem muitas camadas de tinta sobrepostas, ou quando a madeira incha por causa do clima úmido – um problema que pode se resolver sozinho assim que o clima mais quente chegar. Se não, aplaine o canto da janela que está causando o problema (provavelmente o canto de baixo). Certifique-se de que a massa de vidraceiro em volta do vidro esteja coberta com tinta, pois isso vai ajudar a evitar que a madeira inche.

Como soltar uma tranca emperrada

Se o problema for um trinco que não fecha direito, pode ser que a porta tenha empenado um pouco e o trinco esteja desalinhado com a abertura da chapa da fechadura. Um pequeno desalinhamento pode ser consertado limando a aresta inferior da fenda com uma lima de metal. Se o desalinhamento for maior, será preciso retirar a chapa da fechadura da porta e trocá-la.

As fechaduras embutidas de portas externas podem ressecar ou sofrer corrosão se entrar chuva ou vento dentro do mecanismo. No caso da chuva, aplique lubrificante em spray dentro do orifício da fechadura e movimente a tranca algumas vezes para deixar o lubrificante se espalhar. Se não funcionar, será preciso retirar o mecanismo de trava da seguinte forma:

  1. Retire as maçanetas da porta e os dois parafusos que prendem a fechadura à porta. Depois, retire o mecanismo.
  2. Com cuidado, abra o invólucro retirando os parafusos.
  3. Passe graxa de carro ou vaselina em todas as peças móveis. Recoloque-as no lugar seguindo a mesma ordem em que as retirou. Feche o invólucro e substitua a tranca.

Já em fechaduras de segurança (do tipo Yale) não use lubrificante em spray. Nesse caso só devem ser usados lubrificantes secos como pó de grafite ou politetrafluoretileno (PTFE), que podem ser encontrados em lojas especializadas.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!