Quer aprender como conversar sobre sexo com seu filho? Primeiro aprenda a conversar – sobre qualquer coisa. Tire as distrações do ambiente – como TV, videogames, jornais – e ouça o que ele tem a dizer sobre o que fez no dia, o que acha dos amigos, das matérias na escola… Aprenda a ouvir mais que falar. Seja parceiro, amigo, compreensivo e ria junto, chore junto… isso aumentará o nível de cumplicidade entre vocês.

E o canal perfeito para que ele se sinta seguro e à vontade para falar sobre sexo com você. Ele provavelmente perderá a vergonha e o pudor de perguntar o que quer que seja e de compartilhar suas questões (teóricas ou práticas) sobre o assunto.

Não tenha medo: se não souber como responder a alguma pergunta (não existe certo e errado), procure livros especializados e feitos para diferentes faixas etárias. Leiam o livro juntos – caso ele esteja aberto a isso –, ou deixe que leia sozinho – caso precise de mais privacidade –, mas deixe claro que você está pronto para conversar se ele quiser, e que, apesar de não ter todas as respostas, você poderá dividir com ele seus conhecimentos, seus pensamentos e sua experiência (dentro do que cada faixa etária é capaz de compreender e do nível de informações com o qual a criança ou o adolescente poderá lidar com naturalidade).

O segredo é esse: seja natural. Afinal, sexo faz parte da vida. E não deve ser tratado como um bicho de sete cabeças.