Faça uma busca
|
Publicado em: 17 de setembro de 2018

Conheça 7 erros comuns ao cuidar de plantas em casa

Entender os principais erros ao cultivar plantas em casa para evitá-los pode estender a vida delas

Imagem: sagarmanis/iStock
Você tem plantas em casa? Provavelmente sim, não é? A ornamentação verde é uma ótima opção para decorar espaços internos e externos, seja em casa ou em apartamentos. Entretanto, é preciso tomar alguns cuidados para que elas permaneçam bonitas e saudáveis por mais tempo. E, entre os cuidados, estão também os erros mais comuns ao cuidar de plantas em casa. Que tal aprender os principais e não cometê-los na hora de cuidar das verdinhas? Separamos X a seguir para você:

1. Esquecer as podas

As plantas precisam ser aparadas, principalmente se são mudas de crescimento constante. Dentro ou fora de casa, elas necessitam da poda para crescerem de forma saudável. É necessário ainda prestar atenção às variedades específicas que precisam ser podadas de forma a orientar os ramos à medida que crescem.

2. Errar na quantidade de água e luz

Água e luz são elementos essenciais para observar ao criar plantas em casa. A água fornece nutrientes necessários para o crescimento de qualquer variedade, e a luz participa do processo de alimentação, que é a fotossíntese. Cada espécie requer cuidados especiais quanto a quantidade de água e luz necessárias para o seu bom desenvolvimento, então antes de começar, pesquise bastante sobre as especificidades de sua plantinha.

3. Utilizar vasos apertados demais para as raízes

Ao escolher um vaso para uma planta, fique atenta ao espaço interno. Um espaço reduzido pode fazer muitas plantas sofrerem, já que algumas variedades costumam criar raízes extensas. Com o tempo, elas se atrofiam e podem levar sua planta à morte. Veja também como acomodar suas plantas em diversos suportes decorados.

4. Não cuidar do sistema de drenagem do vaso e regagem desregulada

Nenhuma planta sobrevive sem água, mas o excesso também pode reduzir seu tempo de vida. Dose sempre a quantidade de água para regá-las. A maioria das espécies menores requer apenas 150ml a cada dois dias para sobreviver, mas essa quantidade varia de uma para outras. Em vasos menores, você também pode cuidar do sistema de drenagem preenchendo o fundo com um pedaço de isopor para que a terra não fique tão encharcada. Isso ajuda a aumentar o tempo de vida do arranjo.

5. Não limpar as plantas em casa

Muitas pessoas se preocupam apenas em regar as plantas, mas é necessário também higienizá-las. Se elas ficam em locais em que o acúmulo de poeira é intenso, passe um pano levemente umedecido nas folhas regularmente.

6. Escolher a espécie errada para o seu ambiente doméstico

Há muitos fatores a se considerar na hora de começar a cultivar. Alguns deles são primordiais para o bom desenvolvimento da sua espécie, como clima, iluminação do ambiente, espaço... Antes de levar uma planta para casa, verifique suas necessidades. Dependendo do local onde residir, é melhor levar uma espécie menor que terá uma vida mais longa do que uma que requeira certas características de ambiente que você não pode oferecer. Há muitas espécies que podem ser colocadas nos mais diversos cômodos da casa. Algumas, inclusive, podem ajudar a regular o sono e melhorar o seu humor.

7. Não falar com as plantas

É isso mesmo que você acabou de ler! Falar com as plantas pode parecer estranho no início, mas, acredite, é essencial para elas. Plantas são seres vivos que, ainda que não possuam características sensoriais humanas, podem perceber o que acontece ao redor e refletir esse estado em sua saúde. Portanto, na próxima vez que for regar as suas plantas, troque uma palavrinha com elas!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close