Faça uma busca
|
Publicado em: 15 de novembro de 2019

17 dicas para a sua primeira viagem internacional

Ir para o exterior pela primeira vez pode causar muitas dúvidas; veja algumas dicas para uma viagem de sucesso.

Imagem: MongkolChuewong/iStock

A primeira viagem internacional a gente nunca esquece. Conhecer o exterior é uma grande realização e o sonho de muita gente e, provavelmente, também é o seu. Mas fazer uma viagem realmente incrível e com o mínimo de problemas possível exige muita organização e pesquisa.

Desde o planejamento da viagem até o dia a dia no destino escolhido, há muitos detalhes que podem parecer bobos ou passar despercebidos, mas que fazem muita diferença. Você, por exemplo, conhece todas regras sobre bagagem ou como evitar filas em atrações turísticas?

Além disso, viajar para o exterior pela primeira vez pode ser assustador e provocar muitas dúvidas. Assim, você pode se enrolar ou deixar o medo de cometer algum erro te impedir de aproveitar cada momento das suas férias. No caso de viagens para países exóticos, com cultura e idiomas muito diferentes dos nossos, a falta de informação pode ser uma inimiga ainda maior.

No entanto, é importante entender que imprevistos sempre acontecem, independente do lugar; o que você pode fazer é tentar minimizá-los ao máximo.

Por isso, separamos 17 dicas para a sua primeira viagem internacional. Se você já está com as malas prontas ou ainda está juntando o dinheiro das passagens, não importa. Grave cada uma dessas dicas e viaje com tranquilidade.

  • ZinaidaSopina/iStock

    1. Leve cópias impressas dos documentos

    Hoje em dia, é possível fazer check-in e reservas de hotéis por aplicativos para celulares. No entanto, contar apenas com um aparelho eletrônico que pode ficar sem sinal ou bateria pode ser arriscado. Por isso, sempre leve uma cópia impressa das passagens e da reserva do hotel em uma pasta na sua bolsa ou mala de mão.


  • yuelan/iStock

    2.  Deixe uma cópia dos documentos no Brasil

    Se você vai viajar sozinho ou com amigos, é importante deixar uma cópia das suas passagens e reservas de hotéis onde vai ficar hospedado com seus familiares no Brasil. Não só isso, mas também toda e qualquer informação útil sobre a sua viagem. Em caso de algum imprevisto ou emergência, eles saberão onde você está e como te encontrar.


  • RHJ /iStock

    3. Nunca faça câmbio em aeroportos

    As taxas de câmbio costumam ser mais altas e desfavoráveis para os turistas nos aeroportos. Ou seja, você perde dinheiro. Por isso, a menos que seja uma emergência, não faça câmbio em aeroportos. Sempre troque o seu dinheiro com antecedência em casas de câmbio no Brasil ou na sua cidade de destino.


  • ronstik/iStock

    4. Faça o seguro viagem

    O seguro é fundamental durante qualquer viagem internacional, mas especialmente em viagens para a Europa, onde é obrigatório. Com o seguro viagem, você fica protegido caso passe mal ou sofra algum acidente. Como em muitos países o serviço de saúde não é gratuito, o seguro viagem evita que você contraia dívidas milionárias em dólares ou euros.


  • Svetl/iStock

    5. Leve uma muda de roupas extra na mala de mão

    Infelizmente, é muito comum que empresas aéreas percam a mala despachada e a recuperação dos seus pertences pode levar alguns dias. Assim, é importante levar uma muda de roupas extra na mala de mão só por precaução.


  • happy_lark/iStock

    6. Alivie a pressão na cabeça com chicletes

    Para os viajantes de primeira viagem, a pressão do avião pode ser algo difícil de lidar. Mas nada que mascar um chiclete durante o voo não resolva.


  • Khadi Ganiev/iStock

    7. Compre ingressos com antecedência

    Quer visitar o Louvre? A Torre Eiffel? O Coliseu? Compre ingressos com antecedência pela internet. Sites como o Get Your Guide são seguros e oferecem ingressos para dezenas de pontos turísticos. Como a fila em atrações famosas costuma ser muito grande, especialmente durante a alta temporada, comprar o ingresso pela internet vai te ajudar a otimizar tempo e economizar dinheiro.


  • SB/iStock

    8. Precisa de medicamentos? Leve a receita

    Se você precisa tomar alguma medicação controlada, sob hipótese alguma esqueça a sua receita médica, já que é obrigatório apresentá-la antes do embarque. Em viagens internacionais também é importante levar a receita traduzida para o inglês. Além disso, os remédios devem estar em embalagem plástica e transparente. Para medicamentos líquidos, a quantidade total não pode ser maior que 1 litro.


  • photosaint/iStock

    9. Leve um adaptador de tomadas

    Cada país tem o seu próprio sistema de tomadas e alguns são bem diferentes do brasileiro. Para não correr o risco de ficar incomunicável com o celular descarregado, verifique qual o padrão de tomadas do seu destino e compre um adaptador.


  • Jovanmandic/iStock

    10. Experimente os hostels

    A hospedagem nos hostels costuma sair mais barato que nos hotéis e são uma opção interessante para quem quer economizar. A diferença é que, nos hostels, os quartos costumam ser compartilhados com mais pessoas.


  • iStock

    11. Faça refeições longe de pontos turísticos

    Almoçar e jantar próximo a pontos turísticos famosos pode sair muito mais caro que o habitual. Se você está viajando com um orçamento curto, procure restaurantes mais distantes de atrações badaladas para pagar menos nas refeições.


  • iStock

    12. Não ande com muito dinheiro vivo

    Também por precaução e questões de segurança, evite trocar todo o seu todo dinheiro de uma vez. Leve em espécie apenas o necessário e procure utilizar um cartão de crédito ou débito internacional quando possível. Apenas tome cuidado com as taxas para não se assustar com o valor da fatura depois.


  • belchonock/iStock

    13. Cuidado com o que coloca na mala

    Existem regras muitos específicas do que pode e o que não pode ser levado na mala de mão e na mala despachada. Na mala de mão, não é permitido levar objetos cortantes, navalhas e lâminas de barbear. Já na mala despachada, pode ser que você não possa transportar alguns alimentos de acordo com as regras de cada país. Estados Unidos e Austrália, por exemplo, proíbem a entradas de sementes e alimentos de origem animal.


  • Detailfoto/iStock

    14. Use uma doleira no dia a dia

    Durante os seus passeios turísticos, procure guardar seu passaporte, visto (se for o caso) e dinheiro em uma doleira. É mais seguro, prático e mais leve que uma mochila.


  • Billeasy/Unsplash

    15. Pesquise os costumes do país

    Países como Índia, Marrocos, Emirados Árabes e Tailândia, por exemplo, têm costumes muito diferentes dos nossos. Coisas que podem parecer simples para nós, podem ser atos extremamente ofensivos em alguns destes destinos. Quer um exemplo? Em Dubai, cantar e dançar na rua é considerado uma indecência. Quem for condenado por fazer gestos obscenos nos Emirados Árabes pode amargar até seis meses na prisão.


  • iStock

    16. Permita-se experimentar coisas novas

    Um erro que muitos turistas brasileiros cometem é ficar com medo de experimentar coisas novas no exterior, principalmente comidas que podem parecer exóticas demais. Assim, acabam recorrendo ao fast-food e deixando de aproveitar pratos saborosos e interessantíssimos.


  • jokerpro/iStock

    17. Ande a pé

    Caminhar é sempre a melhor forma de conhecer um lugar novo. Quando você sai caminhando por uma cidade, há a possibilidade de esbarrar com coisas incríveis que você não sabia que existiam ou não imaginava que veria. Por isso, tire um dia para acordar cedo e fazer uma boa caminhada pela região.


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados