Faça uma busca
Casa & Decoração

Plantas em vasos: 6 dicas para cuidar das suas

Saiba como manter suas plantinhas bonitas e viçosas

Escrito por:

Rayane Santos

Redator
mulher colocando planta em vaso
Iryna Imago/iStock
Publicado em: Última atualização:

Para muitas pessoas, cuidar de plantas é uma missão impossível. Por mais que você tente, suas pobres plantinhas não crescem ou, pior ainda, sempre acabam mortas. Caso você se identifique com isso, saiba que você veio ao lugar certo. Em outro post, falamos 7 erros comuns ao cuidar de plantas em casa. Confira a seguir 6 segredos para fazer, com muito pouco, suas plantas de vaso ficarem belas e saudáveis.

Table Of Contents[ Hide ]

1. Não forre o vaso com pedrinhas

Leia também: Descubra quais tipos de plantas usar na decoração da sua casa

Embora a sabedoria popular diga que colocar pedras ou cacos de vaso de barro no fundo de um recipiente melhora a drenagem, especialistas acreditam que eles roubam espaço às raízes e podem estimular o crescimento de fungos. É preciso que a terra vá até o fundo do recipiente. Se estiver preocupado com a possibilidade de a terra sair pelo buraco de drenagem, cubra-o com um caco de vaso de barro ou com folhas de papel-toalha.

2. Faça os seus próprios recipientes

Vasos ornamentais podem ser muito caros, mas você provavelmente joga fora inúmeras peças do dia-a-dia que dariam recipientes perfeitos para o seu jardim. Latas de biscoitos, potes plásticos de sorvete e baldes velhos dão ótimos vasos para plantas de exterior. É só fazer furos no fundo para a drenagem e pintá-los na sua cor favorita.

3. Mantenha as plantas contentes enquanto você estiver fora 

Em vez de pedir a um vizinho que as regue, você pode reduzir a necessidade de água da planta tomando as seguintes providências antes de sair de férias:

  • Use uma mistura de terra que contenha grânulos (polímeros) ou acrescente um pouco dessa substância à mistura. Eles retêm água para ser usada mais tarde pelas plantas sedentas.
  • Retire as plantas da ação direta do sol – um ótimo local é atrás de janelas protegidas por cortinas leves.
  • Junte vasos e recipientes para que as plantas proporcionem sombra e umidade umas às outras.
  • Providencie “barracas” para plantas sensíveis: coloque sacos plásticos de cabeça para baixo sobre cada planta, usando estacas para manter o plástico afastado das folhas. Faça furos no plástico para que o ar circule.
  • Para conservar água em vasos mantidos ao ar livre, remova-os para um local protegido do vento e agrupe-os.
  • No verão, enterre vasos de plantas, temporariamente, no jardim e coloque material orgânico (mulch) ao redor.

4. Salve plantas ressecadas 

Leia também: Herbário: entenda o que é e como fazer 

Se as suas plantas ainda assim secarem completamente enquanto você estiver fora, é possível ressuscitá-las na sua volta mergulhando os vasos num balde, barril ou piscininha infantil. Use água morna (mas não quente) e deixe os vasos submersos até parar de surgir bolhas da terra. Retire os vasos de planta e drene o excesso de água. 

5. Experimente o tratamento do tapete molhado 

Improvise uma forração capilar: umedeça um pano de chão e use-o para forrar uma bandeja grande. Coloque um balde de água próximo e ponha as plantas na bandeja forrada com o pano de chão. Faça um “pavio” com outro pequeno pedaço de pano; coloque uma extremidade no fundo do balde e outra na bandeja. O pavio manterá o pano úmido e a água penetrará nos furos de drenagem dos vasos, mantendo também a terra úmida. 

6. Use uma corda para molhar plantas 

Outra solução para regar as plantas durante uma viagem é aproveitar a ação capilar das fibras naturais. Coloque plantas em vasos ao lado de um balde de água, corte uma corda fina de fibra natural em comprimentos que se estendam do balde até cada um dos vasos. Com uma pedra ou tijolo, ancore uma extremidade de cada fio dentro do balde e enrosque a outra extremidade em torno da superfície da terra de cada vaso. A água fluirá pela corda até as plantas.