Faça uma busca
|
Publicado em: 14 de janeiro de 2022

9 truques úteis para quem tem plantas em casa

Saiba como ter o famoso "dedo verde"

Imagem: DavidPrahl/iStock

A tarefa de cuidar de plantas pode apresentar alguns desafios. Infelizmente, se você não souber como lidar com eles, suas plantas não irão crescer saudáveis e fortes, podendo, até mesmo, morrer. Além disso, o cultivo pode custar caro, se você não for cuidadoso. Confira 9 maneiras de obter o máximo das suas plantas – do melhor preço a truques infalíveis de plantio.

1. Procure fontes mais baratas 

Leia também: Inicie uma horta e economize na hora do supermercado

Por que pagar caro em lojas quando se pode encontrar plantas de qualidade em outros lugares? Hortos e jardins botânicos muitas vezes comercializam plantas, assim como clubes de jardinagem e organizações afins. Eventos filantrópicos também podem ser uma excelente oportunidade para comprar plantas a preços acessíveis. 

Além disso, confira 15 itens comuns que podem virar ferramentas de jardinagem e economize ainda mais!

2. Dê suas plantas de presente

Você pode pagar caro para dar de presente um vaso de planta. Ou economizar uma fortuna e dar lindas plantas do seu jardim. 

Muitas plantas perenes precisam ser divididas a cada dois anos à medida que vão crescendo. Flores que crescem de bulbos, como narcisos e jacintos, são as mais fáceis de dividir. Quando a folhagem morrer, tire-as do solo, separe os bulbos e seque-os. Uma vez secos, podem ser embrulhados em papel de presente e enfeitados com fitas. 

Fique de olho na época do florescimento: a do jacinto, por exemplo, é de maio a setembro. Para comprar, vá a uma floricultura especializada ou procure na Internet. 

3. Peça a um vizinho 

Embora as lojas de jardinagem não recomendem, você poderá conseguir, de graça, muitas das plantas perenes caras que elas vendem – diretamente do jardim do seu vizinho “do dedo verde”. Se algum dos seus amigos tiver plantas perenes que você cobice, pergunte-lhe se precisam ser divididas – você pode se oferecer para ajudar no trabalho e, em troca, levar algumas mudas para o seu jardim.

4. Compre um vaso menor 

Ao comprar plantas perenes em flor, escolha as que estiverem em um recipiente de, no máximo, um litro. Elas tendem a crescer rapidamente e meses depois já terão o mesmo tamanho que as plantas maiores e mais caras. Aí você poderá replantá-las e elas ficarão bem.

5. Tenha cuidado com plantas de crescimento rápido 

Algumas plantas crescem tão rapidamente que podem atravessar a cerca do jardim ou deitar raízes por baixo e invadir o terreno vizinho. Espécies invasivas desse tipo podem afetar o meio ambiente. 

A maioria tem seu lugar específico num jardim, mas impeça-as de se espalharem: arranque brotos de locais onde elas não sejam desejadas ou plante-as apenas em áreas circunscritas, como vasos, recipientes, canteiros contidos por concreto ou elevados em relação ao solo. Plantas a serem evitadas são variedades de áster, vara-de-ouro ou lanceta (Solidago), ervade-bicho (Polygonum persicaria), hortelã (Mentha) e faláris (Phalaris picta). 

6. Regue plantas resistentes à seca 

Para terem um bom começo de vida, até as plantas resistentes à seca precisam de rega regular no primeiro ano após o plantio. Depois disso, se você cultivou os tipos certos, elas devem sobreviver apenas com chuvas ocasionais, a não ser que ocorram condições extremas de estiagem. 

7. Seja seletivo com flores silvestres 

Pacotes de sementes prémisturadas de flores silvestres podem parecer uma receita fácil para florações coloridas e instantâneas: é só espalhar no solo, regar, e um lindo prado de flores do campo surgirá como num passe de mágica. 

Mas é preciso escolher bem as flores silvestres. As que se dão bem em terra alcalina, onde há mais calcário do que terra, não tolerarão turfa encharcada; outras, que gostam de ficar à sombra de cercas vivas, não sobreviverão, no Sol a pino, no meio de um canteiro. 

Assim, como ter certeza de que o seu jardim de flores silvestres está a salvo e apropriado para a sua região? O melhor método é selecionar pacotinhos de sementes de flores silvestres individualmente em vez de misturadas, para que você possa escolher a própria mescla e saber o que está plantando. 

Se optar pela mistura, compre-a de uma empresa local, pois quanto mais longe a mistura estiver sendo distribuída, mais provável é que seja pouco apropriada para a sua região. Certifique-se de que todas as sementes estejam listadas no pacote e pesquise qualquer nome com o qual você não esteja familiarizado.

8. Proteja as rosas das pragas 

Leia também: Como plantar rosa: veja o passo a passo completo e dicas

Para minimizar a probabilidade de pragas em roseiras, deixe bastante espaço entre uma e outra ou misture-as a outras plantas. Alimente-as e regue-as bem, proteja as raízes com mulch na primavera, enquanto a terra está úmida, e escolha variedades mais resistentes como as Konfetti, Lipstik e Marlyse. 

Se observar alguma mancha preta ou mofo durante a floração, faça a poda, remova todas as folhas verdes restantes e descarte-as onde não possam contaminar outras plantas. A primeira poda deve ser feita um ano após o plantio e repetida todos os anos, entre os meses de julho e agosto. 

9. Use irrigação por gotejamento caseira 

Em canteiros de flores e outras áreas cultivadas, a irrigação por gotejamento é o melhor método: além de eficaz no uso desse bem precioso que é a água, a penetração lenta e profunda da umidade é excelente para as raízes. 

Mas, se não puder instalar um sistema completo, eis uma forma de manter úmidas as raízes das plantas sem custo: faça um buraco pequeno no fundo de garrafas PET de 2 litros, encha-as com água, tampe os bocais e coloque cada uma ao lado de uma planta, enterrando-as levemente para que fiquem estáveis e não muito visíveis. Elas liberarão água, lentamente, para a terra à sua volta. 

Para regar árvores, use garrafões de água de 20 litros e deixe a torneirinha aberta de modo a apenas gotejar. Mesmo que você tenha um sistema de irrigação por gotejamento central, esses sistemas alternativos são úteis para manter úmidos arbustos isolados e árvores.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


Cadastre-se GRÁTIS para continuar lendo


Você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos

Já tem cadastro? Faça login aqui.

Já sou assinante da Revista Impressa

close