Faça uma busca
Cultura & Lazer

Cidade Invisível: curiosidades sobre a série brasileira que está dando o que falar

Escrito por:

Paula Vieira

Redator
Cidade Invisível
Publicado em: Última atualização:

A Netflix deu um verdadeiro presente para os admiradores do Folclore Brasileiro com a produção da série ‘Cidade Invisível‘. Em um formato super atual e com uma mesclagem de atores conhecidos e novos, o enredo prende a atenção dos expectadores e desmistifica a imagem assustadora de algumas lendas, como é o caso da Bruxa Cuca, chamada de Inês e interpretada por Alessandra Negrini.

Mas se a Cuca deixou de ser sinônimo de pesadelo e se tornou a personagem favorita de muitas pessoas, uma lenda pouco conhecida deu o clima de suspense para a série: o Corpo-Seco.

A lenda pouco conhecida do Corpo-Seco

A lenda conta que o Corpo-Seco seria um menino desobediente que foi dispensado pelo céu e pelo inferno após a sua morte. Ao ser enterrado na floresta, a terra também não aceitou o seu corpo e colocou o espírito para fora. Assim, ele vive escondido nas matas, se apossando de corpos desprotegidos que passam por ele.

Leia também: um olhar por dentro da mitologia brasileira

Em Cidade Invisível, o personagem é chamado de ‘caçador’, porque ele invade a floresta para matar os seres folclóricos que vivem e protegem a mata e os animais. Seu corpo é enterrado, mas o espírito acaba sendo liberado após descobrirem o local do túmulo e escavarem.

Assim, ele usa corpos de alguns dos personagens principais da série para atrair o Boto-cor-de-Rosa, a Iara, o Saci Pererê, o Tutu Marambá e a Cuca, considerada um dos seres mais poderosos. Mas tudo isso para alcançar e se vingar do Curupira, o grande guardião da floresta e responsável pela morte do ‘Caçador’.

Destaques para bairros do Rio de Janeiro

reserva-de-areia-da-praia-rio
Imagem: iStock

Outro fato interessante é que a série se passa no Rio de Janeiro e destaca locais importantes da cidade, como os bairros de Santa Teresa, Urca e a Lapa, onde fica o misterioso bar da Inês, que tem como cantora nada menos do que a Iara, chamada de Camila (Jessica Córes). O Pão de Açúcar também é visto em vários episódios.

Seres da floresta se adaptam para viver no meio da cidade grande

Imagem: Divulgação

O enredo da produção dirigida por Carlos Saldanha também teve adaptações importantes para que os personagens do Saci Pererê, chamado de Isac (Wesley Guimarães) e do Curupira, chamado de Iberê (Fábio Lago) vivessem no centro da capital carioca.

Enquanto o Saci Pererê ganhou uma prótese para a perna que foi cortada, o Curupira passou a andar pela cidade de cadeira de rodas e com as pernas cobertas, como uma forma de disfarçar os pés virados para trás.

É uma série que vale maratonar no final de semana. É certo que você vai despertar ainda mais curiosidades sobre o folclore brasileiro.