Essencial para o martíni de James Bond – e tão arraigada à cultura russa que sua designação deriva do vocábulo russo para água (voda) –, a vodca foi fabricada pela primeira vez em 1400 como antisséptico e analgésico, antes de se tornar a bebida típica da Rússia.

Mas o que é exatamente a vodca? Em termos clássicos, a vodca consiste numa mistura de grão de trigo ou de cevada fermentada (os açúcares no grão são convertidos em álcool por fermentação) e, enfim, destilada (aquecida até o álcool evaporar e, em seguida, condensar). Entretanto, para mascarar o gosto de impurezas, adicionou-se o sabor cítrico que hoje é usa do para conferir um toque diferente ou identificar determinadas marcas.

E pode ser usada como desinfetante caseiro.

1 Limpe vidros e joias com vodca

Algumas gotas de vodca limpam rapidinho qualquer tipo de vidro ou joia incrusta da com pedras cristalinas. Assim, embora as pessoas possam lançar olhares estranhos, você pode mergulhar a ponta do guardanapo na vodca com gelo e limpar o embaçado das lentes dos óculos ou colocar o anel de diamante por alguns minutos na bebida para vê-lo reluzir de novo. Mas não tente es se truque com lentes de contato! Evite, também, usar álcool numa pedra que não seja de cristal. Só diamantes, esmeraldas e pedras semelhantes se beneficiam de um banho de vodca.

2 Use como imersão higiênica

Antes de mais nada, a vodca é um álcool e, como tal, mata germes. Portanto, caso não disponha de álcool 70% comum, pode substituí-lo por vodca. Você pode usar a bebida para desinfetar as lâminas de barbear que pretende reutilizar, assim como limpar escovas de cabelo, de dentes e dos animais de estimação, ou de qual quer outro objeto capaz de transmitir germes de uma pessoa para outra ou de um animal a outro.

3 Mantenha frescas as flores no vaso

O segredo de manter o frescor das flores no vaso, pelo maior tempo possível, é minimizar o desenvolvimento de bactérias na água e proporcionar nutrição para substituir o que a flor absorveria se não tivesse sido colhida. Para uma ação antibacteriana, adicione ao vaso das plantas algumas gotas de vodca com 1 colher de chá de açúcar. Além disso, troque a água do vaso dia sim, dia não, sem se esquecer da vodca e do açúcar.

4 Elimine ervas daninhas do quintal

Para criar um agente eliminador de ervas daninhas, misture 30 ml de vodca, algumas gotas de detergente e 2 xícaras de água num borrifador. Borrife as folhas das ervas daninhas até a mistura acabar. Faça essa aplicação ao meio-dia num dia ensolarado para as ervas que crescem sob a luz direta do sol. O álcool rompe a cutícula de cera que cobre as folhas deixando-as susceptíveis à desidratação à luz do sol. Por isso, na sombra não vai funcionar.

5 Faça essência de baunilha em casa

Eis um regalo diferente, feito em casa, que se pode acrescentar a uma cesta de presente e só leva alguns minutos para fazer. Pegue um favo seco de baunilha natural (à venda em lojas de especiarias finas) e corte de cima a baixo. Coloque-o num pote de vidro e cubra com 3⁄4 de xícara de vodca. Feche o pote e deixe descansar no armário da cozinha por uns 4 a 6 meses; agitando-o de vez em quando. Coe o extrato de baunilha caseiro num filtro de café ou pedaço de gaze ao despejá-lo num vidro decorativo. E observe a expressão de prazer estampada no rosto do seu mestre-cuca preferido quando receber o presente!