Você conheceu o tesouro direto e viu como o ele pode ser uma ótima opção para as suas finanças em nosso artigo “Investir no tesouro direto vale a pena? Saiba tudo sobre o investimento“, certo? Então agora veja como investir no tesouro direto operando diretamente pelo site da B3 (Bolsa de Valores de SP). São apenas 7 passos simples:

Passo 1

É necessário ter um valor depositado e disponível para saque em uma conta bancária.

Passo 2

No site do Tesouro Nacional, consulte a lista de agentes de custódia (ou seja, uma instituição financeira como banco ou corretora independente) e suas respectivas taxas de cobrança. E escolha um deles para intermediar suas transações com o tesouro direto.

Passo 3

Faça seu cadastro no agente de custódia escolhido e abra uma conta de depósitos. O cadastro é simples, e em algumas instituições ele pode ser feito pela internet. Você deverá fornecer a documentação necessária e preencher um formulário de definição do seu perfil de investidor. Ainda não sabe qual o seu perfil de investidor? Descubra no link.

Passo 4

O agente de custódia vai lhe enviar uma senha provisória da B3 para o primeiro acesso à área restrita do site do tesouro direto. Transfira o saldo destinado ao investimento da sua conta bancária para a conta de depósito no agente de custódia. O valor deve ser o total que você deseja investir mais a taxa do agente de custódia, caso ele tenha essa cobrança.

Passo 5

Acesse o site da B3. Será necessário trocar a senha provisória por uma nova e definitiva, obedecendo às regras de segurança para criação de senha do site. Com a nova senha você será um investidor habilitado e poderá começar a investir!

Passo 6

Descubra qual dos três tipos de título (com juros pré-fixado, pós-fixado ou atrelado à Selic) e modalidades de pagamento (semestral ou anual) é mais adequado ao seu objetivo financeiro. Para isso, utilize as ferramentas “Orientador Financeiro” e de simulação disponíveis tanto no site do Tesouro Nacional quanto na área restrita ao investidor.

Passo 7

Escolha o título e faça a operação de compra. Você pode comprar quantos títulos quiser ou optar por comprar frações de cada um montando uma carteira de títulos mista. Quando tiver mais recursos, também pode investir mais dinheiro no título que estiver rendendo mais.

Acompanhe os rendimentos pelos extratos no site e defina sua estratégia de investimento de acordo com o prazo que você precisa resgatar o investimento e valor disponível para aplicar. Acessando o site aparecerá a lista de títulos disponíveis para venda, é só selecionar o escolhido. Você será direcionado para página de compra. Nesta página, digite no campo apropriado o valor que deseja investir. Automaticamente aparecerá o cálculo da quantidade de título que você estará adquirindo com este valor. Ao prosseguir aparecerão alertas de orientação automáticos do site. E, ao concluir a operação, você será um credor do Governo!

 

Dica extra: como investir no tesouro direto por outros meios

Além de poder operar diretamente pelo site do tesouro direto, você também tem duas outras opções para comprar títulos:

  • Através do site do seu agente de custódia: algumas instituições habilitadas integraram seus sites ao do tesouro direto, tornando-se um agente integrado. Nesses casos, você pode comprar e vender títulos pelo site do próprio agente, com os mesmos preços e taxas do site do tesouro direto.
  • Através de um representante do agente de custódia: você autoriza o agente a negociar títulos públicos em seu nome. Informe-se se o agente de custódia que você escolheu oferece essa opção.

 

Mas fique atento aos horários de negociação!

Agora que você já sabe como investir no tesouro direto, confira outra informação importante: os horários de funcionamento do site.

O site do tesouro direto fica disponível para consultas 24 horas por dia, 7 dias por semana. Compras e vendas podem ser feitos nos dias úteis, das 9h30 às 18h, com os preços e taxas disponíveis no momento da transação. Das 18h às 5h e aos finais de semana e feriados, os valores exibidos no site são apenas uma referência. Você pode realizar uma operação, mas serão considerados os preços e taxas de abertura do mercado do próximo dia útil.

 

Por Samasse Leal