Janeiro é aquele mês em que estamos pensando nas festas e nas férias, não é mesmo? Mas é preciso aproveitar as oportunidades para economizar no material escolar. Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (ABFIAE), nesta volta às aulas, os itens devem estar, em média, 8% mais caros do que em 2019. E quanto mais perto do começo das aulas, por causa da procura, mais caro ficam.

Como economizar dinheiro? Conheça 8 hábitos de quem sabe poupar

Assim, vamos economizar comprando agora e conferindo estas 9 dicas que vão ajudar você nessa missão:

Christoforrus/iStock

1. Reciclar é importante

Por que não reaproveitar o material que sobrou do último ano? Nem todos os lápis ou canetas foram usados até o fim. Peça para seu filho separar o que pode ser reutilizado e risque da lista nova.


2. E por falar em listas…

Não se esqueça de listar todo o material escolar necessário. Assim, você consegue avaliar quanto vai gastar, e também refletir sobre a possibilidade de cortar algum item.


photographer/iStock

3. Não seja refém do marketing

Cadernos de super-heróis ou personagens, entre outros, costumam ser os mais vendidos em lojas e papelarias, mas não são nada diferentes de cadernos com capa comum – a não ser pelo preço, bem mais alto. Converse com seu filho sobre a necessidade desses itens. Ou, ainda, experimente fazer com ele colagens na capa, com recortes de revista, figurinhas, impressões. Além de beeeem mais barato será uma atividade divertida!


BogdanVj/iStock

4. Considere o on-line!

Fazer compras pela internet é simples, prático e seguro. Antes de comprar, pesquise sempre nas lojas on-line, pois os preços costumam ser bem mais em conta.

5 maneiras de economizar nas compras online