Mais de 10% da conta de luz é gasta no resfriamento e no congelamento de alimentos. Acredite ou não, é o único dobro de energia que usamos para cozinhar. Portanto, se espera cortar os gastos de forma significativa, comece pela geladeira.

Entenda como o congelamento de alimentos pode ser eficaz e barato:

Quanto mais antiga for a geladeira, maiores serão os custos de funcionamento e as emissões de gases do efeito estufa. Portanto, substitui-las por um modelo mais eficiente torna mais eficaz o consumo de energia na cozinha. No entanto, considerando os altos preços dos eletrodomésticos novos, isso nem sempre é uma opção em curto prazo. Como alternativa, tente estes truques para economizar energia.

1. Desligue a geladeira reserva

Se você possui duas geladeiras, desligar uma delas é provavelmente uma boa ideia . Na maioria das vezes, a segunda geladeira só é usada para armazenas suprimentos extras de cerveja, vinho e refrigerantes ao receber pessoas. Não é preciso se desfazer da segunda geladeira, mas mantenha-a fora da tomada caso não a use. Ao fazer isso, você economizará cerca de 1.000 kWh por ano – e cerca de uma tonelada de emissões de gases do efeito estufa!

2. Não programe temperaturas baixas demais

As geladeiras funcionam melhor com temperaturas entre 3ºC e 5ºC. O freezer pode ficar entre -15ºC e -18ºC. Diminuir a definição do termostato resultará num aumento de cerca de 5% nos custos de funcionamento para cada grau extra. Além disso, ajustar a temperatura correta ajuda a evitar a proliferação de bactérias e evita que sua comida seja contaminada.

3. Use a temperatura adequada

Não deixe a geladeira e o freezer ficarem em temperaturas mais altas também. Usar a temperatura certa significa que você evitará armazenar alimentos em temperaturas equivocadas, o que pode resultar em alimentos estragados.

Veja também: Entenda como consertar a sua torneira de forma simples e economize água!

4. Mantenha a geladeira longe do aquecimento

As geladeiras localizadas em locais quentes precisam de mais energia para manter o congelamento de alimentos adequado. Tente colocar a geladeira num lugar bem longe do forno e do fogão e fora do alcance da luz do sol. Tente evitar também encostá-la numa parede sem isolamento térmico e banhada, no lado externo, pelo sol.

5. Limpe o condensador

Muitas geladeiras antigas têm condensadores expostos na parte traseira (as mais novas costumam vir com condensadores cobertos). Eles ficam sujos e empoeirados, e, como resultado, precisam de mais energia para funcionarem bem. Na verdade, um condensador sujo pode aumentar o custo de funcionamento em 30%. Eventualmente, desligue a geladeira por cinco minutos e limpe os condensadores usando um pano seco.

6. Conserte a vedação da porta

Uma vedação inadequada aumenta as contas porque faz com que o ar frio vaze e prejudique o congelamento de alimentos. É possível trocar a borracha de vedação da geladeira e do freezer. Embora esse não seja um trabalho caro, pode ser bem difícil. Se a vedação for colocada com o uso de uma cola, então é uma questão de remover, com cuidado, a borracha antiga,