No Brasil, a partir de 2016, a cultura do desapego começou a caminhar a passos largos entre pessoas que formaram grupos nas redes sociais e pequenas empresas on-line, com preços de “brechó”. Mesmo tendo chegado aqui com o Mercado Livre, há mais de 15 anos, somente agora o brasileiro está mais engajado no segmento. Que, aliás, traz economia de mais de 60% em itens de vestuário, pouco ou nunca usados, entre outros.

O negócio

Assim, mulheres, em sua maioria, são as administradores desses grupos, e a propaganda é feita entre as amigas e as amigas das amigas. Ou seja, torna o negócio mais seguro e estabelece a confiança entre seus participantes. Apesar de parecer um universo feminino, elas promovem economia para a família inteira, já que os itens podem ir de um par de tênis ao carrinho de bebê. De uma bolsa estilosa a um kit de ferramentas que quem comprou nunca usou. Tudo com economia.

Basta fazer uma foto e colocar na página com informações básicas. O preço é sugerido pelo dono, que pode negociar ou esperar por outro comprador. Não há gasto direto, e o que já está em casa pode esperar até ser desejado novamente.

Os eletrônicos

E computadores? Também estão entre os itens procurados. O consumismo exacerbado visto no lixo de peças eletrônicas ajuda a convencer os usuários de que o planeta não comporta mais esse tipo de ação. O celular que você ganhou mas não atende as suas necessidades não precisa ficar guardado eternamente. Alguém pode estar precisando exatamente desse modelo que está em suas mãos.

E outros

Pode ser um utensílio de decoração, que parece supérfluo, mas qual o problema se esse item combina perfeitamente com a nova casa de outra pessoa, enquanto na sua apenas ocupa espaço? Mas roupas, calçados e acessórios para toda a família estão entre os itens mais comercializados. Com a vantagem de que, estando entre pessoas conhecidas, há a confiança em deixar experimentar, devolver se não servir. Pagar apenas se tudo estiver do jeito esperado.

O costume antigo era de apenas vender suas coisas quando se fazia necessário ter mais dinheiro. Hoje não é mais assim. O desapego não apenas liberta as pessoas do que está tomando desnecessariamente espaço em sua casa ou em seu guarda-roupas. Bem como, acaba trazendo economia real a quem negocia dessa forma.

Saiba como desapegar e ganhar dinheiro e descubra como ter uma renda extra na internet