Faça uma busca
|
Publicado em: 16 de março de 2020

10 segredos que os pet shops não revelam

Julia Monsores
Última atualização: 16 de março de 2020
Por: Julia Monsores

Descubra algumas dicas e segredos importantes sobre compra e venda de bichinhos...

10 segredos que os pet shops não revelam Imagem: artisticco/Istock

Todo mundo que tem um bichinho de estimação já teve, em algum momento, que passar em uma pet shop para tirar dúvidas ou comprar algo. Mas você sabia que os atendentes nem sempre revelam toda a verdade para você?  Confira agora os segredos que os atendentes das pet shops não te contam!

1 . Hamster

Um hamster ou porquinho da índia é relativamente barato. Mas, se você comprar um animal por x, vai gastar uns 5x com gaiola ou tanque, equipamento de limpeza, comida, caminha, brinquedos e guloseimas – e voltará todo mês para comprar mais.

2 . Doenças

Não se surpreenda se o animal tiver parasitas, infecção respiratória ou alguma doença mais grave. É comum os animais apresentarem sintomas depois que você os leva para casa. Algumas lojas oferecem garantia e políticas de devolução. Portanto, leve seu bichinho a um veterinário… Mas não um da pet shop. Alguns veterinários contratados podem hesitar em diagnosticar problemas para não perder clientes.

Descubra por que ter um pet pode prolongar seu tempo de vida

3 . Loja

Os animais que os clientes trazem fazem xixi e cocô na loja; é por isso que todos os produtos nas prateleiras mais baixas estão cobertos com plástico! Nós não ligamos, desde que você avise. É impressionante quantas pessoas deixam seus animais fazerem as necessidades e continuam como se nada tivesse acontecido.

4 . Gaiolas

Muitas gaiolas e tanques nas lojas estão lotados ou são menores do que o recomendado. Mas é que os animais são pequenos quando chegam e não ficam muito tempo na loja. Quando levá-los para casa, e se ele ainda for muito pequenino, não manuseie nos primeiros dias. Dê-lhe tempo para se acostumar com o novo ambiente.

5 . Venda

Quando as pet shops vendem filhotes, é possível que eles venham de um canil ilegal ou de um criador que pratique procedimentos proibidos mesmo possuindo licença de funcionamento. Por isso é bom investigar a procedência do animal.

Apesar de a criação e a venda de animais domésticos serem regulamentadas por lei no Brasil, a fiscalização por parte do Conselho de Medicina Veterinária é escassa..

6 . Fuga

Animais fogem. Quando uma jiboia fugiu, demoramos cinco horas para encontrá-la e convencê-la a voltar para a gaiola – com a loja aberta, cheia de clientes. É claro que não dissemos nada…

7 . Ração

Você pode encontrar uma ração mais barata em lojas grandes e na Internet (atenção ao frete). Mas a maioria das pet shops faz liquidações e tem programas de fidelidade, e muitas baixam o preço de produtos idênticos para se igualar à concorrência.

Além disso, a menos que esteja doente ou seja alérgico, é bem provável que seu cão ou gato não precise de uma ração mais cara. Se você quiser garantir que seu animal tenha saúde ao longo da vida, concentre-se mais no modo como o alimenta (e na manutenção do peso saudável) do que no rótulo.

Alimentação saudável para seus animais

8 . Interaja 

Funcionários das pet shops podem lhe dizer que este animal é o mais bonzinho, e aquele, o mais brincalhão, mas lembre-se de que a rotatividade é grande e que a maioria das lojas tem metas de venda. Interaja você com o animalzinho!

9 . Descontos

Quer poupar com ração ou forro de cama? Peça um desconto por volume. Algumas lojas dão esses descontos, principalmente para clientes regulares.

10 . Ratos

Por favor, não olhe os ratos com nojo. Eles são ótimos, adoram interagir e ficam muito ligados aos donos. Estão entre os melhores animais de estimação pequenos.

POR MICHELLE CROUCH