Faça uma busca


|
Publicado em: 1 de dezembro de 2020

Sou a noz… alimento para o cérebro

Conheça mais sobre a incrível história da noz e surpreenda-se.

Imagem: Konstantin Aksenov/iStock

No século 16, uma imprudente teoria sobre a saúde circulou entre os médicos da Europa: alimentos que lembravam partes do corpo, acreditavam eles, fariam muito bem à saúde dessas partes. Vagalumes para visão noturna, coral-vermelho para o sangue e eu, a noz, para o órgão mais importante: o cérebro.

Já tem cadastro? Faça login aqui.
Artigo exclusivo para assinantes!
Cadastre-se para continuar lendo!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa
Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 durante 3 meses. Clique aqui.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados