Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 19 de dezembro de 2019

Veja como o Natal é celebrado em outros países da América do Sul

O Natal é uma data bastante comemorada no Brasil. Mas você já se perguntou como esta data é celebrada em outros países?

Imagem: Shintartanya/iStock

O sentido do Natal é o mesmo em todo o mundo, mas a forma de celebrá-lo varia de um país para outro. Além de sua imensa importância religiosa e espiritual, a celebração natalina possui um valor cultural inestimável. Todos os países adotaram uma forma própria de celebrar esta data. Abaixo você pode conferir como alguns países sul-americanos comemoram o Natal.

Como se celebra a noite de Natal na Venezuela?

Para a ceia, na véspera de Natal, costuma-se preparar peru, hallaca, pernil de porco, pão de presunto, salada de frango e doce de mamão; esses pratos representam a tradição culinária venezuelana em dezembro. Os aguinaldos, como são chamados em alguns países os vilancicos, e a gaita venezuelana são os ritmos e as canções que acompanham as festividades natalinas. Um traço típico dos Andes venezuelanos é o costume de celebrar a paradura del Niño,  entre os dias 24 e 30 de janeiro. Tal como se interpreta em outras partes da América Latina, esse representa o momento em que o Menino Jesus deixa de aparecer deitado e está pronto para ser levado em um andor sobre uma cadeira, para sua apresentação no templo, no dia 2 de fevereiro, dia da Candelária.

Como se celebra o 24 de dezembro entre as família paraguaias?

Para a celebração do Natal, os paraguaios costumam cear antes da meia-noite, de modo que possam assistir à Missa do Galo. A ceia de Natal é puramente familiar e nela se servem pratos típicos do país, como o assado de pato, cordeiro ou peru acompanhado de abóbora, salada e molhos para temperar. Depois da ceia se realiza a troca de presentes e a votos de bem-aventurança, e posteriormente se faz um brinde com sidra.

Quais as principais atividades natalinas no Peru?

Como em outros lugares da América do Sul, no Peru o nascimento de Cristo está no centro do espírito natalino. Exatamente à meia-noite do dia 24 de dezembro o céu se ilumina com morteiros e fogos de artifício; nesse momento, as famílias se reúnem e colocam o Menino Jesus no presépio, representando o momento de seu nascimento, algumas vezes até mesmo entoando uma cantiga de ninar. Depois disso, os familiares trocam abraços e felicitações, e então entregam e abrem os presentes. Ao finalizar esses rituais, é servida a ceia, na qual tradicionalmente se come o peru assado ou o frango dourado; e, como sobremesa, panetone acompanhado de chocolate quente.

Como se celebram as festas de Natal no Equador?

Os equatorianos começam as festividades decorando uma árvore de Natal e montando o presépio. A árvore é enfeitada com bolas coloridas, luzes e pedacinhos de algodão ou spray imitando neve; para o presépio, usam musgo, terra, fontes de água e, em muitos casos, miniaturas de madeira com trajes típicos do Equador. O costume é cear antes da meia-noite, para poder abrir os presentes, fazer um brinde e felicitar a todos à meia-noite em ponto. A comida típica para a ocasião costuma ser o peru recheado de frutas e carne, que se serve depois de saborear o consomê de peru. A sobremesa tradicional é o prístino com miel de raspadura e, como em toda celebração, está presente o canelazo quiteño, uma bebida quente feita com canela, açúcar, cravo e anis.

Leia também: 21 dicas de presentes de Natal até 20 reais

Quais as características das festividades natalinas colombianas?

No dia 24 de dezembro as famílias se reúnem para festejar o Natal e as casas são enfeitadas com a árvore e suas luzes, bolas coloridas, geada artificial, a estrela de Belém na ponta e muitos outros adornos artesanais típicos da região. Monta-se um presépio bem perto da árvore, e também é comum pendurar botas de Natal na árvore ou pela casa.

Para a ceia, os pratos típicos são o ajiaco santafereño ou os tamales. Costuma-se cear antes da meia-noite para que, nessa hora, se compartilhem os presentes que estão ao pé da árvore. No entanto as crianças devem ir dormir cedo e esperar que o Menino Jesus lhes deixe os presentes ao pé da árvore durante a noite, para que possam encontrá-los no dia seguinte, pela manhã bem cedo.

Como os chilenos celebram o Natal?

Como em outros países hispano-americanos, os chilenos costumam participar da Missa do Galo e assim celebrar o nascimento de Jesus; no dia seguinte, as crianças saem às praças e aos parques para se divertir com os presentes deixados por Papai Noel, mais conhecido no Chile como “o Viejito Vascuero”, o Velhinho da Páscoa. Também se montam a árvore de Natal e o presépio no princípio de dezembro.

Conheça as melhores receitas de biscoitos de Natal

Como os bolivianos celebram a Noite Feliz?

Depois de colocar o menino Jesus para dormir, as famílias festejam com um brinde, no qual desejam paz e amor a todos. Na ceia não pode faltar o prato típico conhecido como picana, uma espécie de sopa ou guisado com um substancioso molho agridoce que lhe confere um sabor exótico. A esse prato se acrescenta choclo, ou seja, pedaços de espiga de milho ou milho debulhado, que é o símbolo da riqueza e da fartura para os bolivianos; também se acrescentam pedaços de carne de vaca e de frango, e legumes, como cenoura, cebola, tomate e batatas.

Os alimentos em geral são acompanhados de um bom vinho seco. Como sobremesa se oferecem doces típicos tradicionais dessa época, como os sonhos, acompanhados de uma xícara de café. depois de cear se abrem os presentes de Natal e, em seguida, cada membro da família anuncia seus bons propósitos em relação à união, ao amor e à paz do lar.

Por que são diferentes as celebrações natalinas na Argentina?

É possível que o dado que mais chame a atenção dos habitantes do hemisfério norte seja o clima, pois na parte oposta do mundo as festas de Natal acontecem em pleno verão. Na Argentina, o ambiente natalino é vivenciado principalmente nas praias. As casas costumam ser decoradas com grinaldas nas cores vermelha e branca, que simbolizam tanto a neve como o espírito de paz que se espera que reine nessa época. Nelas também se costuma montar a tradicional árvore de Natal, com suas luzes, bolas coloridas, geada artificial e uma estrela na ponta representando a estrela de Belém. Às vezes se inclui pipoca na decoração da árvore, como símbolo dos flocos de neve do inverno, assim como enfeites artesanais da região, nos quais aparecem anjos com trombetas, sinos, guirlandas etc.

A tradição de montar um presépio com a Sagrada Família, um anjo e os Reis Magos também se cultiva na Argentina; no entanto, para representar os pastores, é muito comum, como no resto da América Hispânica, dar asas à imaginação e colocar pastores ou camponeses com adereços típicos da região e até mesmo da fauna local, de maneira que não é raro encontrar, em alguns presépios, pinguins típicos da Patagônia.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados