Faça uma busca
|
Publicado em: 12 de maio de 2020

A filosofia por trás da bebida sagrada do Japão

Envolto em rígidos rituais e preparos, o chá é sagrado para os japoneses. Conheça um pouco mais da cultura do Japão!

Imagem: arti-flow/Istock

No Japão, o chá é muito mais do que apenas uma bebida agradável: é uma bebida sagrada. Por isso, servi-lo e bebê-lo é um exercício cultural elaborado. As cerimônias do chá são tão complexas que muitos japoneses nem sempre entendem seu significado.

O chá foi introduzido no Japão no século XII, juntamente com o zen-budismo. Os monges costumavam bebê-lo para se manterem acordados durante longos períodos de meditação. A prática de beber chá difundiu-se depois entre as classes elevadas.

Ritual do chá

No Japão, o chá é sagrado e seu preparo obedece a rígidos rituais. (Elet1/istock)

A bebida era servida numa casa especialmente construída, com cerca de 3m². Eram feitos complicados rituais para induzir uma sensação de paz e tranquilidade nos convidados, cuidadosamente escolhidos.

Conheça o Japão, um país magnífico onde a língua não é uma barreira.

Hoje, o chá já não é bebido apenas pelas classes superiores. A tradição se mantém, no entanto, no coração da sociedade japonesa, e os mestres de chá profissionais que dirigem a cerimônia são muito respeitados.

Dá-se grande atenção a todos os aspectos do ritual de quatro horas – o ambiente, a decoração, os utensílios, os alimentos, a escolha do chá e até a conversa que o acompanha seguem preceitos rígidos.

A importância do chá é tão grande que muitas jovens japonesas não se acham aptas a casar antes de reconhecer todas as complexidades da cerimônia. 

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


Cadastre-se GRÁTIS para continuar lendo


Você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos

Já tem cadastro? Faça login aqui.

Já sou assinante da Revista Impressa

close