Seja para acompanhar o pão na chapa pela manhã, ou para dar aquela acordada no meio da tarde, o café é uma das bebidas mais consumidas no Brasil. Mas apesar de sua popularidade, muita gente ainda tem dúvidas de como fazer café da maneira certa.  

Pode parecer que não tem muito segredo: basta botar o pó, a água e pronto! Mas não é bem assim… 

Para preparar uma bebida realmente gostosa, é preciso conhecer alguns segredos que fazem toda a diferença no resultado final.

Então, continue acompanhando este post para aprender alguns truques de preparo dessa bebida que traz muitos benefícios para a saúde.

Como fazer café?

1. Não deixe a água ferver

como fazer cafe sem erros
Imagem: Photoboyko/iStock

Esse é um erro bastante comum por parte de quem está buscando a maneira correta de como fazer café.

A água não precisa chegar ao ponto de fervura. Quando ela ferve, todo o oxigênio presente em sua composição evapora. E assim, compromete a qualidade e o sabor.

Por isso, fique atento: assim que surgirem as primeiras bolhas, desligue o fogo. 

E, ah! Nada de encher o bule com água da torneira! A água deve ser filtrada. E se possível, mineral. 

2. Escalde o filtro 

como fazer cafe sem errar
Imagem: LightFieldStudios/iStock

A água já está na temperatura ideal? Então, se você for fazer um café coado, o próximo passo é escaldar o filtro de papel que você utilizará. Isso é importante para eliminar aquele sabor residual do produto, que pode interferir no sabor.

Leia mais: conheça 10 utilidades criativas para o filtro de café

Por isso, antes de pôr o pó, escalde o filtro com um pouco de água quente dentro da garrafa térmica. Em seguida, descarte a água.

3. Escolha o pó certo

cafe soluvel
Imagem: AudiDelaCruz/iStock

Especial, de mercado, moído na hora, arábica, blends… Há muitos tipos de cafés disponíveis para a compra. E claro, cada um deles possui uma qualidade diferente.

Os chamados “cafés especiais” são aqueles constituídos por grãos 100% arábica. Esses recebem um maior cuidado no plantio e no armazenamento, e por isso costumam ser mais caros.

Os grãos do tipo arábica são mais finos e de aroma mais intenso, e variam na acidez e no nível de intensidade. Já os blends são cafés compostos pela mistura de diferentes tipos de grãos, como o arábica e o conilon, por exemplo. 

Mas se você busca um café mais barato para o dia a dia, há também muitas opções no mercado. Embora não possuam a qualidade dos cafés especiais, são opções práticas e podem ser encontradas em diferentes níveis de intensidade.

Além disso, aqui vai mais uma dica: sempre mantenha o seu café armazenado em um local escuro.

E isso porque a luz acelera o processo de oxidação do pó, e assim compromete a qualidade do café. 

4. Não tenha pressa

créditos: Ketut Subyianto

Nós sabemos que às vezes a correria é grande, os atrasos acontecem e mal dá tempo de preparar o café antes de sair de casa.

Mas para fazer um café realmente gostoso, é preciso ter paciência na hora de coá-lo. Ou seja: nada de encher de água até o topo do filtro.

Vá despejando lentamente, em movimento circulares, para pegar toda a extensão do pó.

5. Não deixe esfriar!

benefícios do café
Imagem: Ketut Subyianto/iStock

Se sua ideia não for fazer um café gelado, tenha cuidado para que o seu café não esfrie. Depois de se servir, certifique-se de fechar bem a garrafa térmica. 

E lembre-se: café bom é café fresquinho! Então não o esquente no fogão ou no micro-ondas caso esfriei. Faça outro!

Viu só como é fácil? Agora que já não restam mais dúvidas de como fazer café, confira também mais 21 tipos deliciosos de cafés para fazer em casa