Faça uma busca
|
Publicado em: 18 de março de 2021

11 benefícios da erva-cidreira para sua saúde

Para aqueles que adoram um chazinho de erva-cidreira, saibam que ela não serve só como calmante.

Imagem: Veliavik/iStock

É incrível como plantas comuns podem fazer tão bem à nossa saúde. A erva-cidreira, a queridinha de quem sofre com insônia, não ajuda só na hora da soneca não. Ela também é rica em vários nutrientes, confira aqui os benefícios que essa planta pode trazer para a sua saúde!

11 benefícios da erva-cidreira para sua saúde

1. Melhora a qualidade do sono

Quem nunca tomou um chazinho de erva cidreira para dormir? Essa planta tem compostos fenólicos, como ácido rosmarínico, que tem propriedades calmantes e sedativas, causando a sonolência e induzindo a pessoa a ter um sono mais profundo e com maior qualidade.

Estudos também revelam que ao ser tomado duas vezes ao dia durante quinze dias, o chá de erva-cidreira pode melhorar o sono de pessoas com insônia e que, quando combinado com a valeriana, pode aliviar inquietações ou distúrbios do sono.

2. Tem ação antioxidante

O mesmo ácido romarínico, junto com o cafeico, também presente em sua composição, tem ação antioxidante, combatendo radicais livres e reduzindo os danos e envelhecimento das células. A erva-cidreira ajuda também na prevenção de doenças associadas ao estresse oxidativo pelos radicais livres como doenças cardiovasculares.

3. Melhora o sistema cardiovascular

Como informado no tópico acima, a erva-cidreira pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares associadas ao estresse. Ela também ajuda na circulação sanguínea, auxiliando na prevenção de doenças relacionadas à pressão sanguínea.

4. Alivia o estresse e ansiedade

O ácido rosmarínico presente na erva-cidreira age aumentando a atividade de neurotransmissores no cérebro, contribuindo para a sensação de relaxamento do corpo, bem-estar, tranquilidade e diminuição dos sintomas de ansiedade como agitação e nervosismo.

Estudos também revela que uma única dose de erva-cidreira aumenta a calma e o estado de alerta em adultos sob estresse mental e que tomar cerca de 300 a 600 mg da planta três vezes ao dia também pode reduzir os sintomas de ansiedade.

Veja também: 23 plantas e ervas medicinais que podem melhorar a sua vida

5. Alivia dores de cabeça

As propriedades analgésicas da planta ajudam no combate às dores de cabeça. Por auxiliar na circulação sanguínea, a erva-cidreira também pode contribuir para o combate das dores.

6. Diminui os gases

Em sua composição, a erva-cidreira tem um óleo essencial que possui ação antiespasmódica e carminativa. Ele tem a capacidade de inibir a produção de substâncias que contraem ainda mais o intestino, resultando no alívio das cólicas intestinas e combatendo a produção de gases.

7. Ajuda o sistema respiratório

A planta também é capaz de combater a tosse e ainda é aliada no tratamento de doenças como asma e bronquite.

A erva-cidreira possui diversos benefícios, podendo inclusive aliviar os sintomas da TPM (Imagem: OlgaMiltsova/iStock)

8. Alivia sintomas da TPM

Por possuir propriedades relaxantes, calmantes e por auxiliar na circulação do sangue, a erva-cidreira pode aliviar as dores musculares e cólicas menstruais da TPM. O aumento de atividade do neurotransmissor GABA, que ajuda a combater o estresse, também pode aliviar o mal humor, ansiedade e nervosismo dessa época conturbada.

Leia também: Sofre de TPM? Então conheça o óleo de prímula

9. Problemas gastrointestinais

A ação anti-inflamatória, antioxidante, antiespasmódica e a eliminação de gases intestinais, pode auxiliar em vários problemas gastrointestinais como: dor de estômago, náuseas, indigestão, refluxo, síndrome do intestino irritável, vômito etc.

10. Combate a herpes labial

Alguns estudos mostram que os ácidos cafeico, felúrico e rosmarínico presentes na erva-cidreira têm ação contra o vírus da herpes labial, inibindo e impedindo que o vírus se multiplique.

11. Auxilia no tratamento da Alzheimer

Estudos revelam também que alguns compostos fenólicos como o citral da erva-cidreira podem inibir a colinesterase, uma enzima responsável por degradar a acetilcolina, um neurotransmissor cerebral importante para a memória. Pessoas que têm Alzheimer normalmente apresentam uma diminuição da acetilcolina, o que é associado à perda de memória e diminuição da capacidade de aprender coisas novas.


Quantidade de consumo

De acordo com a orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), são recomendados cerca de 1 a 4 gramas de folhas por cada 150 ml de água. O chá deve ser consumido cerca de 2 a 3 vezes no dia. Não é recomendado mais de 12 gramas de folhas por dia ou 450 ml de chá.

Contraindicação

Crianças com menos de 12 anos, lactantes e gestantes devem evitar o consumo da erva-cidreira. Ela também não é recomendada para pessoas com hipotensão e hipotireoidismo e nem para as pessoas que já fazem uso de algum tipo de medicamento sedativo ou calmante.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close