Faça uma busca
|
Publicado em: 4 de abril de 2021

13 sintomas de menopausa precoce

A menopausa precoce acomete entre 1% e 5% das mulheres, saiba mais e conheça os sintomas.

Imagem: Chinnapong/iStock

A menopausa é a fase da vida da mulher marcada pelo fim da menstruação e da atividade reprodutiva. Em geral, ela começa a partir dos 51 anos de idade, mas, para uma parcela das mulheres, pode iniciar antes dos 40 e até mesmo dos 30 anos de idade. Saiba mais sobre os sintomas da menopausa precoce e fique atenta:

O que é a menopausa precoce

Leia também: Como a alimentação pode aliviar os sintomas da menopausa

A menopausa precoce é o fim prematuro da ovulação e a diminuição da produção de hormônios sexuais, principalmente de estrogênio. Existem diversas causas possíveis e fatores de riscos, como distúrbios hormonais, tabagismo, tratamentos de radioterapia e quimioterapia, remoção do útero ou dos ovários. A principal causa, no entanto, é o fator genético. Dessa forma, mulheres com mãe ou irmãs que passaram pelo problema têm grandes chances de também chegarem à menopausa precocemente.

Sintomas da menopausa precoce

Muitas mulheres não têm nenhum sintoma, enquanto outras apresentam queixas semelhantes às das que passam pela menopausa normal. Mas a intensidade e a frequência desses sintomas também variam de mulher para mulher. Outra questão é o uso de alguns anticoncepcionais hormonais que também podem ocultar temporariamente os sintomas pois contêm grandes quantidades de estrogênio.

Além do relato dos sintomas, para obter o diagnóstico correto também são necessários exames. Felizmente, hoje em dia já existe tratamento para a menopausa precoce que, apesar de não ser capaz de reverter o processo, pode amenizar os sintomas e recuperar a qualidade de vida da paciente. Por isso, não deixe de ir ao ginecologista se consultar caso sofra com alguns dos sintomas abaixo:

  • ciclos menstruais muito irregulares;
  • ausência de menstruação por um longo período;
  • diminuição ou falta de desejo sexual;
  • secura vaginal;
  • ondas de calor repentinas mesmo sem variação na temperatura do ambiente (também chamadas de “fogachos”);
  • suores noturnos excessivos;
  • insônia e alterações na qualidade do sono;
  • cansaço excessivo frequente;
  • mudanças bruscas de humor e aumento de irritabilidade sem causa aparente;
  • queda de cabelo;
  • aumento de peso;
  • osteoporose;
  • alzheimer.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados