Faça uma busca


|
Publicado em: 3 de janeiro de 2021

4 posições de yoga para aliviar crises de ansiedade

A yoga é uma ótima alternativa para trazer mais tranquilidade e paz para o dia a dia

Imagem: Jomkwan/iStock

Com as rotinas corridas de tomar conta da casa e trabalhar é necessário achar um tempo para cuidar da mente e do corpo, para que dores, ansiedade e cansaço, por exemplo, não se tornem presentes.

A yoga é uma atividade que traz inúmeros benefícios à saúde, como flexibilidade, fortalecimento muscular, qualidade de sono e melhora de problemas respiratórios.

Mas um dos pontos mais importantes da prática dessa atividade é o estado de paz e quietude que vem logo depois, além de promover um autoconhecimento.

Leia também: posturas de yoga para aliviar dores nas costas

Muitos que praticam a yoga entendem que, na verdade, ela é um estilo de vida, já que é possível obter ótimos resultados, inclusive no controle das crises de ansiedade, através de posições que trazem paz e das meditações.

O que é ansiedade?

A ansiedade, como muitos dizem, é o mal do século. Ela pode ser considerada uma reação que toda pessoa tem ao experimentar algumas situações desconfortantes no dia a dia, como falar em público, ir a uma entrevista de emprego, vésperas de provas, dentre outras.

Normalmente quem se enquadra com transtorno de ansiedade sente os sintomas de uma maneira antecipada, ou seja, a situação pode nem ter acontecido e a pessoa já está sofrendo com ela. Os ataques de pânico, por exemplo, podem ser desencadeados por indivíduos com ansiedade excessiva.

Sintomas da ansiedade

Os sintomas de quem sofre com transtorno de ansiedade merecem bastante atenção, pois podem prejudicar tanto a vida pessoal quanto a profissional. Como dissemos anteriormente, o medo excessivo é um dos sintomas, em que a pessoa enxerga perigo em tudo.

Além dele, o indivíduo também pode ter alterações no sono – como insônias, medo de falar em público, preocupações em excesso – tudo vira uma grande questão, inquietação constante, pensamentos obsessivos e problemas digestivos.

Por isso, é importante cuidar da mente e do corpo e encontrar o equilíbrio, principalmente nos momentos de tensão. E como a yoga pode ser uma das atividades para ajudar a relaxar e melhorar a ansiedade, selecionamos 5 posições que podem ser feitas em casa.

Posições de yoga para aliviar crises de ansiedade

Sukhasana 

posições de yoga aliviar crises ansiedade
Imagem: fizkes/iStock

Essa daqui é ideal para quem não pratica yoga frequentemente e ainda não tem força suficiente para ficar em posições mais elaboradas. Primeiro de tudo, sente-se em um colchão – caso tenha – ou em uma toalha. Depois, cruze as pernas e coloque as mãos sobre o joelho, alongando bem a coluna. Ao posicionar as mãos, encoste o dedo indicador no polegar, deixando os outros dedos livres.

Leia também: Fique atento na hora de escolher o tapete de yoga ideal

Feito isso, feche os olhos e respire profundamente, utilizando esse momento para meditar. Continue por cerca de 10 minutos. Para conseguir se concentrar, foque na sua respiração e em como seu corpo funciona durante esse momento.

Balasana

posições de yoga aliviar crises ansiedade
Imagem: fizkes/iStock

Conhecida também como “postura da criança”, a Balasama serve para relaxar o sistema nervoso e acalmar o corpo. Para fazer essa posição é necessário se ajoelhar no chão, ou em um tapete; sentar sobre os calcanhares e inclinar o tronco para frente, encostando o peito nas coxas.

Os braços devem ficar esticados para frente ou para trás, como preferir. Já os joelhos precisam ficar unidos.

Baddha Konasana

posições de yoga aliviar crises ansiedade
Imagem: fizkes/iStock

Com o intuito de desfazer as tensões que ficam sobre os ombros e a pélvis, além de melhorar sintomas de depressão e fadiga, a posição Baddha Konasana é bem parecida com a “borboleta”, muito utilizada também no ballet.

Para alcançar a posição é bem simples: sente-se no chão, ou em um tapete, com as pernas esticadas. Depois, dobre os joelhos e una as solas dos pés, aproximando o máximo que conseguir os calcanhares da pélvis. Os joelhos precisam estar o mais próximo do chão que conseguir, e o pescoço e a coluna bem eretos.

Vrikshasana 

Imagem: Khosrork/iStock

Essa também é considerada uma posição relativamente tranquila. Diferente das outras, nessa aqui você precisa ficar em pé o tempo inteiro. Coloque a sola do pé esquerdo, com a ajuda das mãos, na coxa direita – o ideal é que o pé fique o mais alto possível, mas só se não ficar desconfortável demais. Aqui, o peso do corpo precisa estar sobre o lado direito, para não perder o equilíbrio.

Após posicionar os pés, una as mãos em frente ao peito e fique nessa posição o máximo que conseguir. Para ajudar a não perder o equilíbrio, mantenha o olhar fixo em algum ponto. E, lembre-se: é interessante fazer esse exercício com os dois lados do corpo.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados