Faça uma busca
|
Publicado em: 17 de março de 2022

10 dicas para escolher a academia certa para você

Julia Monsores
Última atualização: 17 de março de 2022
Por: Julia Monsores

Antes de se matricular em alguma academia, é preciso verificar alguns fatores para não se arrepender da escolha.

10 dicas para escolher a academia certa para você Imagem: nd3000/Istock

Você está pensando em começar a praticar musculação? Antes de se matricular na academia do bairro ou naquela perto do trabalho, é importante levar em conta alguns fatores. Assim, você evita problemas posteriores e aproveita mais intensamente sua experiência. Confira a seguir nossas dicas para quem está em busca de uma academia.

1. Fuja da taxa de matrícula

Leia também: Musculação na gestação: pode ou não?

As academias sempre podem abrir mão da taxa de matrícula. A grande verdade é que essa taxa é só uma forma de tirar dinheiro de você. Por isso, se não quiser pagar, apenas diga ao gerente que vai se matricular em outro lugar. Na maior parte dos casos, é quase garantido que vão abrir mão da taxa de matrícula para não perderem o cliente.

2. Descubra se a academia cobra taxas de cancelamento

Certifique-se de que você pode cancelar a qualquer momento. E tenha isso por escrito. Se isso não vier explícito no contrario, é possível que você tenha de escrever que “conforme acordado com [nome do gerente], eu posso cancelar este acordo a qualquer momento, sem multas”. Assim, peça ao gerente em questão que assine e date para o caso de ocorrer uma demissão e a pessoa que faz o contrato não estar mais lá.

3. Saiba quais são os horários mais concorridos

Descubra os horários mais concorridos e certifique-se de que eles funcionam para você. Se prefere malhar quando o ambiente está calmo, mas a única hora que consegue chegar à academia é depois do trabalho, quando os aparelhos estão ocupados, procure outro lugar.

4. Peça um período de experiência na academia

Verifique se, nesta academia, é possível solicitar um período de experiência de uma semana, será como um “teste drive”. Além disso, leve um amigo. Ele talvez enxergue problemas que você não viu.

5. Faça um teste com um personal

Insista numa sessão grátis com um personal trainer se você se matricular. Se isso já fizer parte do pacote, peça duas.

6. Cheque a limpeza da limpeza

Pergunte quantas vezes os aparelhos passam por manutenção e são limpos. A limpeza deve ser diária e a manutenção, pelo menos mensal.

7. Atente-se à manutenção do local

Quando lhe mostrarem a instalação do local, preste atenção à manutenção geral, veja se os equipamentos cardiovasculares estão ultrapassados e inspecione a limpeza dos vestiários e banheiros.

8. Tenha cuidado com aulas extras

Se o gerente tentar seduzir você com aulas de pilates e ioga, pergunte sobre taxas extras. Muitos lugares fazem você pagar mais por esse tipo de serviço.

9. Veja se há excesso de alunos na academia

As academias matriculam mais alunos do que podem absorver, na esperança de que muitos deles faltarão. Se apenas 20% dos alunos aparecessem ao mesmo tempo, a maioria das academias não teria espaço ou equipamentos para atendê-los. Pergunte quais são os horários mais concorridos e apareça nessa hora para ver se o lugar fica apinhado demais para o seu gosto.

10. Esteja atenta aos personal trainers

Os personal trainers de algumas academia recebem comissão mais uma pequena taxa por hora. Assim, cuidado com os que o perseguem para você se inscrever em uma sessão – é possível que estejam sendo pressionados para cumprir alguma cota de vendas. Você também deve perguntar a esses profissionais quais qualificações eles têm e conversar com alunos que já trabalharam com eles.