Faça uma busca
|
Publicado em: 5 de fevereiro de 2021

Alopecia: causas, sintomas e tratamentos

Conheça a doença que afetou o filho do meia Allan Marques e levou o atleta a raspar a cabeça em apoio

Imagem: AlexPapp/iStock

Como forma de apoiar o filho, diagnosticado com alopecia, o jogador de futebol Allan Marques raspou a cabeça e compartilhou em suas redes sociais, na última segunda-feira (1), um relato de sua esposa, contando sobre o diagnóstico do filho. 

A doença é caracterizada justamente pela queda de cabelo. Entenda melhor o que é a alopecia, quais são suas causas, tipos e opções de tratamentos.

O que é alopecia?

alopecia queda de cabelo
(Imagem: Aleksei Morozov/iStock)

Alopécia é uma condição caracterizada pela repentina queda de cabelo direto do couro cabeludo ou de outras partes do corpo. Essa condição pode fazer com que a região onde há a queda fique completamente sem cabelo/pelos, deixando a pele ou couro cabeludo exposto. 

Leia também: Entenda o que causa a queda de cabelo

A identificação da alopecia pode acontecer quando há a percepção da queda de mais de 100 fios de cabelo por dia. É possível notar a queda no banho, no travesseiro, ou ao pentear o cabelo. Outra forma é notar se há espaços vazios no couro cabeludo ou partes do corpo sem pelos. 

Para tratar a alopecia é necessário descobrir qual é a causa da doença. Existem cinco tipos de alopecia, e na maioria dos casos o tratamento é feito com medicamentos de aplicação local recomendados por um médico dermatologista.

Quais os tipos de alopecia?

alopecia queda de cabelo
(Imagem: Manuel-F-O/iStock)

Alopecia areata: esse tipo é causado por fatores emocionais ou auto imunes e é caracterizado por intensa queda de cabelo em algumas áreas. 

Androgenética: popularmente conhecida como calvície, é causada por fatores genéticos e está associada à taxa de testosterona na corrente sanguínea. O que justifica que seja mais comum em homens.

Traumática: este tipo é causado pelo hábito de arrancar fios de cabelos constantemente e também pode ser causado por traumas na cabeça.

Seborréica: alopecia causada por dermatite, e que pode ser tratada com uso de medicamentos.

Eflúvio: essa caracteriza-se por um período onde há queda natural de cabelo. Quando esse mecanismo se desregula, o período de queda de cabelo tende a ser maior, mas responde bem aos tratamentos clínicos. 

Quais as principais causas?

(Imagem: Alona Siniehina/iStock)

Existem várias causas possíveis para a alopecia, que podem ser desde fatores externos até implicações internas. Alguns tipos de câncer podem influenciar na queda do cabelo. 

Confira abaixo as principais causas da alopecia:

  • Micose no couro cabeludo;
  • Uso de medicamentos;
  • Estresse;
  • Reação hormonal pós parto;
  • Uso de produtos químicos inadequados;
  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Doenças como hipotireoidismo, hipertireoidismo, sífilis secundária ou líquen plano;
  • Deficiência de proteínas, ferro, biotina e zinco.

Quais as formas de tratamento?

O melhor tratamento para a alopecia varia dependendo do tipo que você tem. Em alguns casos, o tratamento pode ser feito através de medicamentos orais.

Já em outros, ou em casos graves, como um complemento, podem ser utilizados produtos de aplicação direta na região onde há a queda de cabelos. 

A intradermoterapia, procedimento em que são colocadas agulhas com um pouco de remédio na pele, também pode ser indicada em alguns casos.

Assim como a carboxiterapia, que consiste na aplicação subcutânea de dióxido de carbono. Ambas, bem como a medicação, só podem ser realizadas com recomendação médica. 

Confira aqui algumas soluções naturais e caseiras para a queda de cabelo!


Atenção:

Para ter o diagnóstico correto dos seus sintomas e fazer um tratamento eficaz e seguro, procure orientações de um médico ou farmacêutico.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close