Faça uma busca
|
Publicado em: 12 de outubro de 2021

Descubra como se livrar da caspa

A caspa é um problema estético, mas também pode ser um indício de que algo está errado com sua saúde

Imagem: undefined undefined/iStock

Embora muita gente ache que a caspa é um problema capilar, já que as reveladoras escamas brancas geralmente são encontradas no cabelo ou nos ombros, ela é na verdade uma condição da pele. E tem muitas causas: couro cabeludo seco ou oleoso, queimadura de sol, reação alérgica, alimentação deficiente, resíduos de produtos capilares abrasivos — e até estresse.

Leia também: Shampoo em barra: o que é, tipos e vantagens

A causa mais comum, no entanto, é a dermatite seborreica, uma erupção cutânea que coça e solta escamas que pode afetar o couro cabeludo, a face e o tórax. Para diminuir a descamação e o prurido, prepare uma ou duas curas caseiras. Confira a seguir como preparar remédios caseiros para se livrar da caspa.

Primeiro, o básico

Às vezes a solução para a caspa é mais simples do que você pensa. Certifique-se de que está tomando as seguintes medidas antes de passar para remédios mais sérios:

  • Existem xampus anticaspa para todos os tipos de cabelos, sejam eles finos, grossos, secos ou oleosos. Escolha o seu com cuidado.
  • Não fique por mais de dois dias sem lavar o cabelo com xampu.
  • Não faça apenas espuma quando for lavar o cabelo, massageie bem o couro cabeludo inteiro.
  • Certifique-se de enxaguar bem o cabelo. Às vezes não é caspa, e sim resíduo de sabão ressecado.

Remédios caseiros para caspa

mulher com caspa
Além de um problema estético, a caspa pode indicar um problema de saúde. (Imagem: Anetlanda/iStock)

Cuide do couro cabeludo com gengibre

Pique ou rale um pedaço de 8 cm de gengibre. Coloque numa panela com quatro saquinhos de chá de camomila e um litro de água. Cozinhe em fogo brando, coberto, por 15 a 20 minutos. Deixe o chá esfriar e depois coe. Após lavar com xampu, massageie ½ ou uma xícara (dependendo do comprimento do cabelo) no couro cabeludo por alguns minutos. Não enxague. Você pode guardar o que restar do chá na geladeira para a lavagem seguinte.

Use aloe

Este antigo remédio popular pode funcionar. Corte um ou dois caules grossos da planta e esprema o máximo de gel que puder. Passe-o no couro cabeludo e massageie. Você pode fazer isso antes de ir para a cama, massageie e deixe por uma ou duas horas. Em seguida, entre no chuveiro e misture um pouco de água com o aloe para fazer espuma, massageando por alguns minutos antes de enxaguar. Não use xampu.

Lave com vinagre

Leia também: Confira 8 dicas de como lavar o cabelo corretamente

A lavagem com vinagre de maçã talvez seja o remédio mais popular contra caspa de todos os tempos. A teoria diz que o ácido no vinagre ajuda a restaurar o equilíbrio químico do couro cabeludo e a combater todas as bactérias que podem estar contribuindo para a caspa. Para usar, basta embeber uma bola de algodão em vinagre e aplicar em todo o couro cabeludo. Ou derrame uma xícara de vinagre sobre o cabelo e massageie o couro cabeludo por alguns minutos. Deixe secar. Não tem vinagre em casa? Use suco de limão.

Prepare um óleo à base de ervas

Gengibre e alecrim são frequentemente escolhidos como armas anticaspa — possivelmente porque ambos acalmam irritações. Este remédio funciona especialmente bem se seu couro cabeludo estiver seco e com coceira. Combine ¼ de xícara de azeite de oliva com uma colher de sopa de alecrim seco. Aqueça em fogo baixo por alguns minutos. Massageie no couro cabeludo e deixe agir por 15 a 30 minutos. Lave com um xampu suave e enxágue bem.

Enxágue com alecrim

O alecrim ajuda a controlar a seborreia, o óleo produzido pelo couro cabeludo que contribui para o surgimento da caspa. Prepare uma solução anticaspa adicionando duas colheres de sopa de alecrim seco a uma xícara de água quente fervente. Cubra e deixe ficar de molho por 20 minutos, em seguida coe e deixe esfriar. Use como um enxágue final após o xampu e o condicionador, e massageie bem no couro cabeludo. Para melhores resultados, não enxágue. O alecrim pode escurecer o cabeludo, por isso evite essa solução se você for loiro e quiser continuar assim.

Leia também: Como usar substâncias naturais para hidratar o cabelo

Aposte no tomilho

Esta erva perfumada combate as bactérias que podem contribuir para a caspa. Cozinhe em fogo brando três colheres de sopa cheias de tomilho seco em duas xícaras de água numa panela coberta por 15 a 20 minutos. Coe e deixe esfriar. Aplique no cabelo após o xampu. Não enxague.

Tratamento de caspa à base de ervas desidratadas

Esta infusão perfumada combina o poder do alecrim de reduzir a produção de óleo e a capacidade do tomilho de eliminar bactérias. Ela tem um perfume celestial, e, ainda por cima, vai tomar seu cabelo bonito e brilhante.

Ingredientes:

  • 2 colheres (chá) de alecrim seco
  • 2 colheres (chá) de tomilho seco
  • ⅔ de xícara de água fervente
  • ⅔ de xícara de vinagre de maçã

Modo de preparo:

Passo 1: Coloque o alecrim e o tomilho num vidro ou numa tigela de cerâmica refratários. Acrescente a água fervente. Cubra e deixe de molho por 15 a 20 minutos.

Passo 2: Coe o líquido e passe para uma garrafa limpa de 300 ml com tampa hermética. Adicione o vinagre e agite. Guarde em local fresco e escuro.

Passo 3: Após lavar com xampu, enxágue bem o cabelo e em seguida massageie uma pequena quantidade deste tratamento no couro cabeludo. Entre as lavagens com xampu, massageie uma pequena quantidade no couro cabeludo antes de ir para a cama.

Leia também: Veja as vantagens de lavar os cabelos com água fria

A cura engarrafada

Muitos dos remédios caseiros para caspa envolvem a preparação de chás, soluções ou outros tratamentos líquidos que devem ser usados com frequência. Como resolver isso sem ter de ficar preparando sempre novos lotes?

É fácil: comece preparando um lote grande. Em seguida, coloque o suficiente para usar durante uma semana numa garrafa de plástico de spray ou de esguicho e guarde no chuveiro. Essas garrafas são perfeitas para lavar o couro cabeludo sem desperdício. As sobras devem ser embaladas hermeticamente e colocadas no freezer para uso posterior. Não esqueça de etiquetá-los com cuidado para ter certeza de que ninguém vai tentar usá-las na cozinha!

fechar

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close