Faça uma busca
|
Publicado em: 29 de junho de 2021

Low poo: entenda o que é e para o que serve

Entenda como a limpeza com shampoo livre de sulfato e outros componentes pode beneficiar seu cabelo

Imagem: Ridofranz/iStock

A rotina de cuidados com o cabelo tem evoluído com o passar dos anos. Os produtos têm se tornado cada vez mais específicos quanto aos tipos de cabelo e até a maneira de lavar os cabelos mudou. Prova disso é a técnica low poo, que vem ganhando cada vez mais adeptos. Mas o que realmente muda?

A técnica low poo surgiu na Inglaterra, depois que a cabelereira Lorraine Massey percebeu que alguns ingredientes que compõem o shampoo agredia os fios. Um deles é o sulfato, encontrado em detergentes e outros produtos de limpeza.

Leia também: Cronograma capilar: o que é e como fazer o seu?

No shampoo, a função do sulfato é retirar toda a oleosidade do cabelo e fazer uma limpeza profunda. Porém, ele acaba ressecando os fios por ser um agente de limpeza muito pesado. Nosso cabelo possui uma camada natural de oleosidade que o protege e, portanto, precisa ser preservada.

Além do sulfato, componentes derivados do petróleo - como os óleos minerais e a parafina - e o silicone insolúvel são prejudiciais para a saúde dos fios. Simplificando, esses ingredientes encapam os fios - com o objetivo de dar mais brilho - e atrapalham a absorção de nutrientes e vitaminas. Ou seja, o cabelo ganha um aspecto bonito, mas por dentro está seco e sem vida. Veja como a técnica low poo ajuda a reverter essa situação.

O que é low poo?

como fazer low poo
A técnica de low poo se baseia na pouca utilização de um shampoo mais saudável para os fios. (Imagem: Yana Tikhonova/iStock)

O termo low poo quer dizer "pouco shampoo". Depois da descoberta das substâncias prejudiciais ao cabelo encontradas nos shampoos, uma nova leva de produtos para cabelos surgiu no mercado.

Dessa vez, no lugar do sulfato, podemos encontrar os agentes surfactantes, que limpam de forma leve, sem agredir os fios e o couro cabeludo. Esses são os shampoos ideais para fazer o low poo.

Como a técnica funciona?

O low poo é o primeiro passo para o no poo, que veremos a seguir. Para começar, nessa técnica, é preciso usar os shampoos indicados. Ou seja, sem parabenos, sulfato, óleo mineral, parafina e silicone insolúvel. Dessa forma, você irá limpar seus cabelos de forma leve, deixando-os menos ressecado e livres para receber os nutrientes necessários.

A quantidade de lavagens dependerá do seu tipo de cabelo. Portanto, fique atento a como os fios reagem ao novo shampoo e lave-os de acordo com a sua necessidade.

O que evitar

Para que a técnica funcione de verdade, é preciso substituir também todos os outros produtos para cabelo que você usa, como leave-in, creme para pentear, condicionador etc. Ao iniciar esse novo modo de lavar os cabelos, todos os itens devem seguir os mesmos critérios de composição.

Para ajudar, conheça os ingredientes que não podem ter nos seus produtos de beleza capilar:

  • Sodium laureth sulfate
  • Ammonium Lauryl Ether Sulfate
  • Sodium lauryl ether sulfate
  • Ammonium lauryl sulfate
  • Sodium laurilsulfate
  • Ammonium Laureth Sulfate
  • Sodium Trideceth
  • Sodium Laureth Sulfate
  • Paraffinum Liquidum
  • Isoparafin

Portanto, além dos agentes surfactantes, invista em shampoos com óleos vegetais, panthenol, glicerina, hidratantes (como a babosa) e proteínas. Seguindo esse critério de avaliação seu cabelo ganhará uma nova vida.

Qual a diferença entre no poo, low poo e co-wash?

o que é low poo
Produtos low poo e no poo não fazem espuma pois não contém sulfato. (Imagem: triocean/iStock)

Apesar de parecer complicado, todas as três técnicas fazem parte de um mesmo processo. Mas para não ficar perdido, veja a explicação detalhada de cada um.

Low poo

O low poo, como já disse anteriormente, está relacionado ao tipo de shampoo que você precisa usar para deixar seus cabelos livres de componentes que só danificam os fios. Ou seja, com agentes de limpeza leve que removem a sujeira e outros resíduos, como o silicone, sem ressecar o cabelo e deixá-lo frágil. O ideal é reduzir o uso aos poucos.

No poo

Na técnica no poo, o shampoo não faz parte da limpeza. Para que seus cabelos fiquem limpos, você pode usar produtos higienizadores sem qualquer tipo de sulfato (nem agentes surfactantes) ou de silicone. Os outros componentes, já proibidos no low poo, também seguem fora da lista. Vale dizer que esses produtos não fazem espuma, visto que ela surge pela presença de sulfato na fórmula.

Atualmente, é possível encontrar no mercado shampoos higienizadores desenvolvidos especialmente para a técnica no poo. Mas você também pode se beneficiar da técnica de co-wash.

Co-wash

O co-wash nada mais é do que a limpeza dos fios com condicionador. Contudo, ele também precisa seguir as especificações técnicas do no poo e low poo: ser livre de parabenos, qualquer tipo de sulfato e silicone, além dos ingredientes derivados do petróleo.

Com o condicionador certo nas mãos, basta começar a limpeza dos fios. O segredo é massagear bem o couro cabeludo para que a lavagem seja perfeita. Não tenha medo de espalhar o produto da raíz às pontas. Pois, por ser um produto com agentes leves, ele não aumentará a oleosidade do seu cabelo.

Entretanto, se você tem problemas dermatológicos no couro cabeludo, não é indicado fazer constantemente o co-wash. Essa técnica pode aumentar a presença de fungos ou bactérias e levar à queda dos fios. Portanto, experimente intercalar com o low poo ou o no poo.

No poo e low poo em cabelos cacheados e lisos

produtos low po e no poo
Para que o resultado seja perfeito, todos os produtos precisam ser livres de sulfato, silicone e derivados do petróleo. (Imagem: Chiociolla/iStock)

A técnica do low poo surgiu com uma experiência em cabelos cacheados. Mas os benefícios podem ser aproveitados por todos os tipos de cabelo. Tanto o low poo como o no poo são indicados para cabelos cacheado, crespos e lisos; principalmente para aqueles que são quimicamente tratados.

A única ressalva são os cabelos oleosos; especialmente para quem faz co-wash. Como os produtos higienizadores não levam sulfato, que limpam profundamente, a quantidade de lavagens precisa ser comedida. Fora esse cuidado, o no poo e o low poo estão liberados para todos os tipos de cabelo.

Ao aderir a essa técnica você perceberá com o tempo que os fios ficarão mais soltos e os cachos mais modelados e hidratados. Mas para alcançar esse resultado é preciso que todos os produtos que você usa no cabelo tenham as mesmas especificações. Sendo assim, precisam ser livre dos ingredientes que causam danos aos fios.

Vantagens e desvantagens do low poo

shampoo low poo
Encontrar produtos para low poo indicado para cabelos lisos ainda é um obstáculo. (Imagem: JackF/iStock)

Adotar as técnicas de low poo ou no poo na rotina de cuidados com os cabelos pode trazer muitos benefícios aos seus fios. Com o uso de shampoos mais saudáveis, sem ingredientes nocivos, qualquer resíduo de produtos usados anteriormente vai sendo eliminado. Deixando, assim, seu cabelo mais leve, hidratado e nutrido.

O processo de adaptação pode ser um pouco difícil, pois os fios precisam se acostumar a esse novo processo. Além disso, em alguns casos, pode ocorrer um aumento da oleosidade. Mas ao encontrar o produto ideal para o seu cabelo e compreender a quantidade de lavagens que ele precisa, a oleosidade fica controlada e você poderá usufruir de todas as vantagens.

Aliás, se existe alguma desvantagem, é a falta de variedade de produtos no mercado, principalmente para cabelos não cacheados. Mulheres com o cabelo liso têm mais dificuldade de encontrar shampoos ou condicionadores higienizadores ideais para seu tipo de cabelo. Mas novas opções podem surgir.

Outro ponto a favor dos produtos low poo é o cuidado com os fios tingidos. Normalmente, o cabelo sofre um processo de desbotamento após ser pintado, seja com tinta ou tonalizante. Mas com os shampoos de limpeza leve isso não acontece. A cor permanece por mais tempo, seja ela qual for.

Se você quer ter um cabelo perfeito, sem frizz, menos quebradiço e mais saudável, vale a pena adotar qualquer uma das três técnicas. Com o tempo, você vai perceber seus fios mais leves, soltos e com lindos cachos.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close