Faça uma busca
Saúde & Bem-estar

7 medidas emergenciais para combater o mau hálito

Cravo, erva-doce, salsa: conheça algumas dicas para disfarçar o hálito!

Escrito por:

Julia Monsores

Redator
dicas combater mau halito
MangoStar_Studio/iStock
Publicado em: Última atualização:

Suponha que você faça o “teste do hálito” a caminho de um encontro importante e seja reprovado. Não se preocupe — as sugestões rápidas a seguir podem ajudar a dominar o seu mau hálito. Se as bactérias que causam mau cheiro parecem gostar de suas gengivas, língua e dentes, é preciso adotar alguns hábitos diários a fim de eliminá-las. A partir de então, enxágues especiais, atenção ao creme dental, o uso frequente do fio dental e a escovação regular tornarão seu hálito agradável.

Table Of Contents[ Hide ]

Como detectar o mau hálito

Para descobrir se você tem mau hálito, cubra a boca com as mãos unidas em concha, expire com força e sinta o cheiro. Se for ruim para você, também será para os outros. Mas, se acha que pode ter perdido a sensibilidade ao próprio hálito, peça ao dentista que o teste com um halímetro, aparelho que mede o teor de enxofre presente em seu hálito. É essa substância que causa o mau cheiro. Além disso, confira algumas estratégias para evitar a gengivite.

7 dicas para acabar de vez por todas com o seu mau hálito:

1. Beba água

Aboca seca é um refúgio para as bactérias que causam mau hálito. Portanto, procure uma torneira e bocheche com água, o que temporariamente vai desalojar as bactérias e deixar seu hálito mais agradável. 

2. Masque a salsa

Ao fim de seu almoço de negócios ou jantar romântico, mastigue o raminho de salsa que decorava o prato. A salsa é rica em clorofila, um conhecido desodorizante para o hálito, e possui ação germicida. 

3. Coma laranja

Se tiver uma laranja ao seu alcance, descasque-a e coma-a. O ácido cítrico nela contido vai estimular suas glândulas salivares e ativar o fluxo de saliva, refrescando o hálito. Caso não haja laranjas à vista, coma o que estiver disponível, exceto alguns alimentos que, sabidamente, prejudicam o hálito, como alho, cebola ou queijo de cheiro forte. O ato de comer estimula o fluxo de saliva, ajudando a eliminar o material que se acumula na parte posterior da língua e que causa mau cheiro.

4. Esfregue a língua

Esfregue a língua vigorosamente contra os dentes. A língua pode ficar recoberta de bactérias que fermentam as proteínas, produzindo gases que cheiram mal. O ato de esfregar a língua pode desalojar essas bactérias, de modo que você, ao lavar a boca, possa eliminá-las com a água.

5. Use uma colher

Use um limpador de língua (encontrado em drogarias) ou uma colher. Raspe a língua com o instrumento de trás para a frente. Repita 4 ou 5 vezes. Raspe as laterais da língua também, com o mesmo movimento de trás para a frente. Não ponha o instrumento muito perto da garganta, pois isso pode provocar o vômito.

6. Chupe um cravo

O cravo é rico em eugenol, um poderoso antibactericida. Mastigue um deles. Seu estimulante óleo aromático pode arder um pouquinho, portanto movimente o cravo de um lado para o outro da boca. Continue a mastigá-lo até que a essência tome conta da boca, e então descarte-o. Não use óleo de cravo ou cravo em pó, pois são muito fortes e podem provocar queimaduras.

7. Aposte nas especiarias

Mastigue erva-doce, endro, cardamomo ou sementes de anis. Essas especiarias podem matar as bactérias que crescem na língua e ajudam a mascarar a halitose.