Faça uma busca
|
Publicado em: 23 de novembro de 2021

O que são remédios naturais e como funciona o tratamento

Os remédios naturais podem ser grandes aliados no tratamento de dores e desconfortos, mas é preciso tomar cuidado.

Imagem: botamochi/iStock

Nunca houve uma demanda tão grande por remédios naturais. Cada vez mais pessoas buscam tratamentos eficazes e seguros que não tenham efeitos colaterais nocivos.

Muitas vezes motivadas pela percepção de que a medicina convencional pode não curar muitas das queixas comuns, como dores nas costas, insônia, estresse e depressão, as pessoas buscam alternativas mais naturais. É claro, há situações em que os medicamentos poderosos e as inovações tecnológicas da medicina moderna são imprescindíveis. Felizmente, para a maioria, essas situações são raras, e o corpo é capaz de enfrentar a maior parte das doenças e das lesões menores. 

Tratando o indivíduo como um todo

É crucial abordar cada paciente como um ser único – e não como um conjunto de partes corporais. Os praticantes da medicina complementar, ou holística, acreditam que a nossa saúde depende da interação entre corpo, mente e vitalidade ou energia espiritual. Acredita-se que os sinto-mas apareçam quando esses três elementos estão em desequilíbrio.

Leia também: Conheça 11 incríveis remédios naturais para sua saúde

É por isso que os praticantes da medicina complementar buscam o quadro completo do paciente. Eles perguntarão sobre atitudes, relacionamentos e emoções, assim como sobre limitações físicas. O terapeuta vai considerar os sintomas relatados, mas também tentará ajudá-lo a encontrar as causas subjacentes de uma doença. É fundamental que o paciente tenha uma participação ativa no tratamento, porque a atitude mental é de suma importância para a recuperação. 

Conhecimento integrado

O principal problema da medicina convencional é que os sintomas físicos de um indivíduo podem não indicar a verdadeira causa de uma doença. Por exemplo, a dor nas costas pode ser resultado de um esforço físico repentino ou de um acidente. Também pode ser consequência de má postura, que, por sua vez, pode advir de:

  • ansiedade
  • medo
  • raiva
  • ressentimento
  • estresse excessivo.

O alívio só será permanente quando as questões emocionais por trás da dor forem identificadas e eliminadas da forma correta. Nesse sentido, pode-se dizer que uma terapia não física como uma sessão com um psicólogo pode tratar a dor nas costas.

Sabedoria antiga, habilidades modernas

A maioria das terapias naturais e dos tratamentos médicos complementares evoluiu de tradições antigas de cuidados com a saúde. Outros resultam de inspiração, inovação e aplicação dedicada de terapeutas e médicos ao redor do mundo, que desenvolveram, criaram e aprimoraram a habilidade e a crença nas incríveis propriedades de cura do mundo natural.

Os fitoterápicos são usados desde a pré-história. A massagem, a reflexologia e os óleos essenciais são conhecidos desde o Egito antigo. Sabe-se que terapias equivalentes à osteopatia, à quiropraxia e à medicina física são praticadas no Oriente desde tempos remotos.

Hoje os terapeutas contam com as ferramentas úteis da medicina moderna para ajudá-los no tratamento. Por exemplo, os quiropráticos e os naturopatas podem usar raios X e outros exames tradicionais para auxiliá-los no diagnóstico.

Usando remédios naturais com segurança

tosses-e-espirros
É preciso tomar alguns cuidados ao usar remédios naturais. (Imagem: KMNPhoto/iStock)

Para a maioria das pessoas que goza de boa saúde, doenças secundárias como resfriados, tosses, diarreia e exantema podem seguir seu curso natural enquanto o organismo trabalha para restabelecer o equilíbrio. Períodos de repouso e relaxamento, uma alimentação nutritiva e a prática regular de exercícios físicos ajudam a garantir que o sistema imunológico recupere as forças e elimine o problema.

O principal perigo de usar remédios naturais em casa é o risco de diagnóstico errado. Às vezes, os sintomas que parecem ter uma causa óbvia podem enganar. Por exemplo, um caso simples de tensão muscular pode provocar dor nas costas, mas há situações raras em que o responsável é um tumor. Também pode ser muito fácil considerar sintomas como leves, quando, na verdade, eles podem apontar problemas potencialmente graves ou já bem estabelecidos. Por exemplo, uma pessoa pode achar que uma tosse crônica é problemática, mas que não necessita da atenção de um profissional. No entanto, os médicos argumentam que tosses persistentes sempre merecem uma investigação clínica.

É perigoso tratar doenças em casa usando remédios naturais sem primeiro receber o diagnóstico de um profissional. Os sintomas terão tempo para se desenvolver, e o tratamento caseiro escolhido pode exacerbar ou mascarar uma doença. Na dúvida, sempre consulte um médico, principalmente no caso de estar se tratando em casa e não tiver havido melhora nos sintomas após dois dias de tratamento.

Como obter ajuda profissional 

A maioria dos naturopatas trabalha em consultórios ou clínicas particulares, mas, recentemente, as técnicas de medicina holística foram reconhecidas como “práticas integrativas que complementam o sistema médico tradicional”, sendo oferecidas gratuitamente à população de diversas regiões do país pelo SUS em hospitais públicos e postos de saúde. 

Há diversos cursos de Medicina Alternativa disponíveis no Brasil. Alguns deles são reconhecidos pelo Conselho Federal de Medicina como especialidades médicas. A maioria dos terapeutas passa por um treinamento amplo e pertence a associações profissionais que atestam a qualidade de sua formação e a segurança dos procedimentos. Quando escolher um praticante da medicina complementar, o melhor é seguir recomendações pessoais e certificar-se de que o profissional tenha registro em um conselho profissional (por exemplo, o Conselho Brasileiro de Autorregulamentação da Acupuntura). O profissional médico está sujeito ao Código de Ética do Conselho Federal de Medicina.

Visita a um terapeuta 

A primeira visita a um terapeuta de medicina complementar em geral consiste em uma sessão em que se discute profundamente os sintomas; quando começaram, se são contínuos ou intermitentes, ou se são exacerbados por qualquer tipo de atividade em particular. O profissional então perceberá o seu histórico médico e de vida ao formular uma série de perguntas abrangentes, que devem incluir:

  • padrões de alimentação e de sono
  • atitudes emocionais
  • relacionamentos
  • padrões de comportamento.

Embora pareçam irrelevantes, essas informações são fundamentais para a elaboração de um perfil claro do indivíduo como um todo. A segunda sessão pode consistir em exames físicos e de diagnóstico que fornecerão os dados necessários para conduzir o tratamento seguro.

Quanto tempo dura um tratamento com remédios naturais

A quantidade de tratamentos depende de alguns fatores, e você deve pedir diretrizes ao terapeuta. Dependerá muito da sua própria abordagem e de quanto está preparado para se dedicar entre os tratamentos. Doenças duradouras podem ter surgido por um acúmulo de sintomas ao longo dos anos, o que significa que cada estágio tem de ser tratado progressivamente no devido tempo.

Os tratamentos complementares costumam ser muito seguros, mas é bom manter contato com o terapeuta à medida que vão avançando. Os profissionais alertam os pacientes que os sintomas de uma doença podem piorar antes de começar a melhorar, pois é assim que o corpo os elimina e a cura se inicia.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close