Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 29 de abril de 2021

Pesquisa mostra que 35% dos brasileiros pretendem cuidar mais da saúde

Pandemia da Covid-19 influenciou a necessidade de cuidados com a saúde

Imagem: Crédito: kuppa_rock

Uma pesquisa realizada pelo Google Consumer Survey, ferramenta digital da empresa multinacional, revelou que os brasileiros pretendem cuidar mais da saúde neste ano. Os dados foram coletados entre janeiro e fevereiro de 2021, e participaram da pesquisa 2.000 pessoas, entre 18 e 64 anos. O objetivo foi entender o comportamento da população em relação aos serviços de saúde e à telemedicina, que tem sido uma realidade cada vez mais presente no país.

A partir dos dados observados, é possível ver a influência da pandemia da Covid-19, que já levou mais de 400 mil mortes aqui no Brasil, na preocupação por manter estilos de vida mais saudáveis, com especial foco no aumento da imunidade.

O que a pesquisa apontou?

mulher usando mascara
Imagem: benzoix/iStock

De acordo com o Google Consumer Survey, 35% dos brasileiros pretendem cuidar mais da saúde ainda neste ano, que já caminha para sua metade. Além disso, 14% dos entrevistados afirmaram a necessidade de marcar consultas ou exames atrasados em razão da pandemia.

Outro ponto abordado foi a urgência dos casos: 47% dos entrevistados afirmam deixar para marcar uma consulta somente quando já estão com algum sintoma.

Vale lembrar que identificar doenças de forma precoce é a melhor maneira de tratá-las. Por isso, é importante realizar exames de rotina, como mamografia, exame de glicemia e colesterol, e exame de urina tipo 1. Confira aqui quais são os 10 exames que você deve fazer regularmente.

Telemedicina já é uma realidade

telemedicina coronavirus
Imagem: iStock

Outro ponto levantado pela pesquisa foi o uso da telemedicina — atendimento médico à distância que ganhou força ao redor do mundo com a pandemia do novo coronavírus. De acordo com os dados, 32% dos pacientes já fazem agendamentos pela internet, embora a maioria ainda prefira o modo convencional, por telefone.

As especialidades mais procuradas são:

  • Clínica geral;
  • Ginecologia e
  • Psicologia/psiquiatria.

No entanto, apenas 11% dos participantes da pesquisa já fizeram uma teleconsulta, porém desses, 71% acreditam que esse modelo substitua o tradicional encontro presencial com o médico.

Vale lembrar que a prática permite que médicos prestem atendimento à distância por meio de telefones, tablets e computadores. No Brasil, o Ministério da Saúde publicou uma portaria em março de 2020 – em resposta emergencial ao novo coronavírus – para complementar a Resolução CFM nº 1.643/2002, de agosto de 2002, que regulamenta a telemedicina em território nacional.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados