Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 31 de maio de 2021

Queda de cabelo pós-Covid? Médica explica tratamentos

Entenda por que ocorre e como tratar!

Imagem: iStock

Após contrair Covid-19, muitas pessoas relatam um aumento na queda de cabelo. Essa é uma das principais reclamações, que se enquadram dentro dos efeitos da síndrome pós-Covid. Segundo a especialista em saúde capilar, a médica Tricologista Dra. Luciana Passoni, a queda de cabelo pós-Covid pode ocorrer tanto em homens quanto em mulheres, e alguns tratamentos podem ser feitos para controle.

Leia também: queda de cabelo — o que pode causar?

“A queda de cabelo pode ser agravada por estresse, ansiedade e carências nutricionais e também após a infecção pelo vírus da Covid. A infecção pelo novo coronavírus pode provocar uma inflamação generalizada nos folículos pilosos, chamada de Eflúvio Telógeno (aumento visível da queda diária de fios de cabelo, já que o cabelo entra na fase de queda mais rápido do que o normal)”, explica Dra. Luciana.

A médica ainda cita que o estresse também pode ser um fator para a queda de cabelo. “Por exemplo, o estresse causado pela doença, pelo isolamento social ou até pelo medo da evolução e complicações da doença pode fazer com que cabelo cai excessivamente durante e pós-covid-19”, conta.

Confira aqui alguns sinais silenciosos que podem indicar estresse.

Tratamentos para a queda de cabelo pós-Covid

fototerapia queda de cabelo
Imagem: Doucefleur/iStock

A médica explica que o tratamento consiste em cessar o processo inflamatório, estimular os fios e, assim, diminuir o processo de queda.

“Nos procedimentos, usamos recursos anti-inflamatórios não só no local da queda, como também de maneira sistêmica, aumentando a circulação e oxigenação. Ao notar a queda acentuada, o primeiro passo é procurar um médico especialista para avaliar o seu caso. Só ele pode indicar o melhor tratamento para recuperar a força e frear a perda dos cabelos”. 

A Dra. Luciana ressalta sempre que “cada caso é um caso”, e apenas um diagnóstico médico será capaz de determinar qual o tratamento possível, qual será adotado e monitorado.

“Os cuidados podem combinar uma série de procedimentos, como vitaminas e medicamentos via oral, a microinfusão de medicamento (MMP®️), laser capilar, bem como tônicos e shampoos adequados”, complementa a Médica Tricologista.

“Eu tive Covid em junho do ano passado e senti que o meu cabelo caiu muito enquanto eu estava doente e continuou caindo. Senti que ficou mais ralo e sem volume. Fiquei preocupada e resolvi procurar a Dra. Luciana. Comecei a tomar vitaminas e uma medição manipulada. Ainda estou fazendo o tratamento, mas senti uma diferença na queda e no volume”, conta a empreendedora e agente de viagem, Renata Raddi, paciente da Dra. Luciana Passoni.

Não há diferença na incidência de queda de cabelo pós-covid-19 entre homens e mulheres, mas, de acordo com a Dra. Luciana Passoni, as mulheres tendem a procurar ajuda médica com mais frequência do que os homens.

O importante é não fazer a automedicação e sim o acompanhamento com um profissional, pois isso garante a saúde dos fios e ainda evita que você gaste com tratamentos inadequados para o seu caso.

Tratamentos preventivos

hidratar labios ressecados
Imagem: iStock

Cuidar da saúde dos cabelos é muito importante. E segundo a Dra. Luciana, esse cuidado deve ser feito de dentro para fora, optando por alimentos que favoreçam a qualidade dos fios.

“As células do cabelo precisam de proteínas, além de vitaminas e minerais, para se manterem fortes e saudáveis. Importante lembrar a necessidade do corpo estar sempre hidratado, manter uma alimentação rica em Biotina (gema de ovo, castanhas), Vitamina C (frutas cítricas), Ômega 3 (peixes e linhaça), Silício orgânico (aveia e leguminosas), leite, abacate, espinafre, batata doce, feijão”, explica Dra. Luciana. 

A limpeza do couro cabeludo também é muito importante e merece uma atenção especial, e deve ser feita de forma regular.

“Muitos pacientes citam sensibilidade, aumento na oleosidade é a orientação é lavar todos os dias, usar shampoo para o controle da oleosidade para a diminuição da inflamação do couro cabeludo”, complementa a Médica Tricologista.

Ao perceber alterações nos fios, o indicado é sempre buscar um médico especialista no assunto, ele poderá indicar os tratamentos adequados para ajudar no tratamento da queda e no crescimento dos fios.

Leia também: lavar o cabelo todos os dias faz mal?

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados