Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 21 de junho de 2021

Selagem capilar: o que é e como fazer em casa

Procedimento de selagem capilar devolve a hidratação e o brilho dos fios

Imagem: 3587cc/iStock

Você já ouviu falar na selagem capilar? Essa técnica de cuidado com os fios é muito frequente, principalmente por quem está em busca de métodos que garantam a revitalização dos fios. No entanto, a técnica ainda é envolta em dúvidas, por exemplo, se há substâncias químicas em seu processo ou se é possível realizar uma selagem capilar caseira.

Para ficar por dentro do assunto e garantir cabelos bonitos e hidratados, continue acompanhando a matéria até o fim. E, se quiser, confira também essas 7 dicas naturais para manter os cabelos saudáveis!

O que é selagem capilar

produtos de selagem capilar
A selagem capilar promove a reestruturação dos fios, diminuindo o frizz.(Imagem: Andrii Borodai/iStock)

Feita à base de queratina, a selagem capilar tem como objetivo melhorar o aspecto do cabelo, deixando-o mais hidratado e brilhoso.

Normalmente, esse procedimento é feito por quem realizou procedimentos mais agressivos nos fios, como alisamentos e descoloração, que os deixam mais fragilizados e necessitando de um reparo.

Diferentemente do que muitas pessoas possam imaginar, a selagem capilar não tem como objetivo alisar os fios. Desse modo, não são aplicados produtos como formol ou tioglicolato de amônia em sua composição.

Como é um procedimento voltado para quem já está com os fios fragilizados, também não são utilizados produtos considerados “agressivos”, como a etanolamina.

Desse modo, usa-se apenas a aplicação de queratina, cujo objetivo é devolver a água aos fios e realizar uma espécie de “selagem” que garante a hidratação do cabelo por mais tempo.

Geralmente, o procedimento é realizado nos salões de beleza, mas você pode fazer em casa. Nesse caso, é importante ter atenção em alguns pontos para que o procedimento seja bem executado e proporcione os resultados desejados em seu cabelo.

Como fazer uma selagem caseira

selagem capilar caseira
É importante usar a prancha nos fios após aplicação do produto de selagem capilar. (Imagem: pashapixel/iStock)

Antes de mais nada, é importante escolher o produto de selagem capilar correto. Como comentamos, deve ser um produto natural, sem aditivos ou outras substâncias além da queratina.

Lave bem os fios, utilizando shampoo e condicionar, e, em seguida, aplique o produto. Deixe agir e retire-o. Finalize com a chapinha.

Confira algumas outras dicas:

  • Use um shampoo de limpeza profunda para remover toda a sujeira e abrir as cutículas.
  • Não deixe o produto muito tempo no cabelo, caso contrário os fios poderão quebrar. Observe sempre a instrução de uso na embalagem.
  • Após secar os cabelos, faça prancha nas mechas, pois o calor auxilia o selamento das cutículas dos fios.

Assim como a selagem capilar, é importante realizar nutrição, hidratação e reconstrução regularmente. Fique sempre

Descubra como realizar um cronograma capilar e fique atenta, pois ele lhe trará as indicações de quando realizar cada uma dessas etapas de cuidado com os fios.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados