Faça uma busca
Saúde

10 dicas para combater o jet lag e aproveitar sua viagem

Saiba o que fazer para diminuir o desconforto na viagem.

Escrito por:

Iana Faini

Redator
homem sofrendo de jet lag
bernardbodo/iStock
Publicado em: Última atualização:

Todos os anos, cerca de 15 milhões de pessoas atravessam fusos horários múltiplos. E, para aqueles que atravessam mais de dois ou três fusos horários a partir de casa o jet lag pode ser um desafio. Ele acaba com nossa resistência, nos torna letárgicos e interrompe nosso sono. Saiba mais a seguir e descubra como permanecer alerta e concentrado durante o dia – e sonolento à noite.

O que causa o jet lag

“O problema”, explica o Dr. Law rence J. Epstein, autor de Harvard Medical School Guide to a Good Night’s Sleep (Guia da Escola de Medicina de Harvard para uma boa noite de sono) “é que seu relógio interno não está
sincronizado com o relógio externo.” Podem ser 7 da manhã em seu destino no momento em que você aterrissa, por exemplo, mas, se você estiver voando de uma cidade a 4 mil quilômetros a oeste, seu relógio biológico diz que são 4 da manhã e que você deveria estar dormindo.

Infelizmente, ao mesmo tempo, a luz que passa pelos olhos e vai até o cérebro começa a acionar o seu despertador interno, dizendo-
lhe que acorde. As mensagens conflitantes dentro do cérebro produzem aquela sensação de ressaca que faz você se sentir menos inteligente.

Nos primeiros dois ou três dias, é difícil acordarmos bem-dispostos, e, quando nos deitamos à noite em um lugar três, quatro ou cinco fusos horários distantes do nosso, não conseguimos dormir. Ou temos um sono interrompido, revirando-nos na cama, acordando várias vezes. Pela manhã, tudo o que queremos saber é onde fica o café mais próximo.

Além de atrapalhar as suas merecidas férias, é uma questão importante quando você viaja a trabalho e precisa estar em plena forma para fechar um negócio ou fazer uma venda.

Felizmente, apesar de seu sistema de sono e vigília ser pré-programado geneticamente, ele ainda pode ser manipulado por outros fatores. Saiba o que fazer a seguir: