Sentir dor nas articulações é muito ruim. Para evitar que isso aconteça e prevenir lesões, existem alguns hábitos que podem ajudar a proteger bem as articulações e minimizar problemas articulares.

Mantenha boa mecânica corporal

  • A princípio, endireite-se! A boa postura protege as articulações do pescoço, das costas, dos quadris e dos joelhos.
  • Assim, na posição de pé, a altura da superfície de trabalho deve ser ajustada para evitar que o corpo fique curvo.
  • Sentado, a altura correta da superfície de trabalho é determinada pela altura do cotovelo fletido a 90 graus.
  • Ao apanhar objetos do chão, dobre os joelhos e os quadris. Entretanto, se puder, sente-se em uma cadeira e incline-se.

Saiba usar as mãos

  • Evite torcer ou forçar as articulações. Em vez de fazer força para abrir um vidro, use água quente para afrouxar a tampa e a palma da mão para abrir, ou use um abridor.
  • Evite posições em que os dedos são empurrados em direção ao dedo mínimo.
  • Procure segurar objetos com a mão aberta, em vez de agarrá-los.
  • Ao abrir gavetas, o uso de uma alça que permita puxar com o punho ou o antebraço reduz a tensão nos dedos.

Movimente-se

  • Portanto, uma vez ao dia, mova cada articulação do corpo em toda a amplitude de movimento, sem forçar a ponto de sentir dor. Mexa devagar e com suavidade porque o movimento abrupto pode lesionar a articulação.
  • Ao escrever ou fazer outros trabalhos manuais, estenda os dedos a cada 10 a 15 minutos.
  • Em longas viagens de automóvel, saia do carro e estique o corpo pelo menos uma vez a cada hora.
  • Assim também como em uma longa viagem aérea, levante e caminhe de vez em quando para evitar o enrijecimento articular.
  • Enfim, ao viajar de trem, caminhe pelos vagões para esticar as pernas.

Evite a sobrecarga articular

  • Evite a pressa – trabalhe em ritmo constante e moderado.
  • Repouse antes que sinta fadiga ou dor.
  • Alterne atividades leves e moderadas durante o dia.

Preste atenção em sua dor

Aprenda a distinguir entre dores normais do dia a dia e aquela causada pelo uso exagerado de uma articulação. Se a dor persistir por mais de uma hora após uma atividade, talvez você tenha exagerado. Da próxima vez, procure fazer um pouco menos ou encontre um modo que exija menos esforço.

Aliás, exercício físico é uma unanimidade entre as coisas que devemos fazer para ter mais qualidade de vida.