Parece um contrassenso aliviar a dor deixando alguém enfiar agulhas em você. Mas essa é a promessa da acupuntura, tratamento que faz parte da medicina tradicional chinesa há mais de 2 mil anos. Embora se diga que é útil em vários problemas, os benefícios da acupuntura se estendem para o alívio da dor, incluindo dores nas costas, enxaqueca e para pessoas que sofrem com fibromialgia.

A ideia básica da acupuntura é de que a saúde depende do movimento do qi (pronuncia-se “tchii”), uma força vital que, acredita-se, atravessa o corpo por um sistema de canais, ou meridianos. A dor ou a doença ocorre quando o fluxo de qi é bloqueado ou desequilibrado. A colocação de agulhas em pontos específicos ao longo dos meridianos restauraria o fluxo de energia apropriado, estabelecendo o equilíbrio, curando o corpo e aliviando a dor.

Embora conhecida nos EUA desde a década de 1820, a acupuntura tornou-se popular depois que o presidente Richard Nixon visitou a China em 1972. Desde então, os benefícios da acupuntura foram sendo descobertos aos poucos.

A ideia básica da acupuntura é de que a saúde depende do movimento do qi (pronuncia-se “tchii”), uma força vital que, acredita-se, atravessa o corpo por um sistema de canais, ou meridianos

Muitos pesquisadores que estudam a acupuntura vêm fazendo várias descobertas intrigantes. Os pontos de acupuntura costumam estar próximos a terminações nervosas importantes. Demonstrou-se que a pele nesses pontos conduz eletricidade de forma diferente de outras áreas.

Há evidências de que a acupuntura desencadeia a liberação de analgésicos naturais, como as endorfinas, e um derivado de aminoácidos, o 5-HTP, que se acredita aliviar a dor da enxaqueca. Outras pesquisas sugerem que pode alterar a função imune e causar alterações no encéfalo.

No fim da década de 1990, a acupuntura ganhou credibilidade no meio médico, embora muito ainda precise ser aprendido. Depois de rever centenas de estudos, os Institutos Nacionais de Saúde dos EUA concluíram, em 1997, que fortes evidências apoiam o uso da acupuntura para dor odontológica, fibromialgia e vários outros problemas.

A acupuntura já possui seu espaço reconhecido entre diversos profissionais da saúde (Foto: Wavebreakmedia/iStock)

Em alguns casos, as evidências apoiando a acupuntura eram tão fortes quanto os dados apoiando os tratamentos médicos convencionais – mas a acupuntura tinha menos efeitos colaterais.

Ainda não está claro o modo como a técnica atua. Porém estudos sugerem que os benefícios da acupuntura podem ser notados no tratamento de diversos tipos de dor.

Muitos vários cursos de medicina, como o da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), já oferecem o programa de residência médica na especialidade.

Entretanto a acupuntura não pode ajudar a todos. Além disso o tratamento pode ser caro, embora muitos planos de saúde cubram seus custos e seja também oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Quais benefícios da acupuntura podem ser esperados?

Quando a agulha é inserida, o paciente geralmente sente uma pontada, picada ou leve dor que logo desaparece. (Os terapeutas dizem que isso significa que eles alcançaram o qi e encontraram o ponto certo.) Após a colocação inicial, o procedimento pode ser indolor. As agulhas são mantidas no local por períodos geralmente de 15 minutos.

Para saber mais sobre o seu caso em particular, seu terapeuta conduzirá uma avaliação. Cada escola de acupuntura usa um método diagnóstico diferente (assim como técnicas de tratamento). Você deverá ser questionado sobre seu estilo de vida, seu histórico médico e seus hábitos alimentares. Entretanto os terapeutas também consideram indícios físicos, como palidez.

Língua e seus ouvidos também costumam ser examinados. O terapeuta poderá tomar seu pulso de seis formas diferentes em cada punho – 12 posições. Elas correspondem aos 12 meridianos principais. Alguns também usam a palpação de tecidos moles, como o abdome.

A acupuntura é um procedimento invasivo e o manuseio inapropriado das agulhas pode causar complicações sérias. Estas incluem infecção por agulhas esterilizadas de forma imprópria (agulhas descartáveis são melhores), lesão de nervos e perfuração de órgãos. Por isso, é fundamental procurar um profissional devidamente credenciado.

A Organização Mundial de Saúde lista mais de 40 doenças às quais a acupuntura pode oferecer alívio e reabilitação. Além da dor, elas incluem náuseas, vômitos e outros problemas gastrintestinais; dependência de álcool, tabaco e outras drogas; asma e bronquite; e acidente vascular cerebral.