Fraqueza, tontura e sensação de desmaio podem ser causados por pressão baixa, que é definida como a pressão arterial em níveis menores que 90 mmHg X 60 mmHg. A pressão baixa, apesar de não ser entendida como uma doença pode ser sintoma de algo grave e diminui a qualidade de vida. Por isso, consulte um médico para investigar possíveis doenças antes de tentar amenizar os sintomas sozinho.

Pessoas saudáveis podem sentir os sinais de pressão baixa por longos períodos de jejum, calor intenso, movimentos bruscos ao levantar, excesso de consumo de diuréticos, entre outras causas. Caso já tenha consultado seu médico e descartado doenças relacionadas, confira como minimizar os efeitos:

Dica 1

Em casos de queda brusca da pressão arterial, é recomendado deitar-se imediatamente numa posição confortável elevando os pés em um nível mais alto do que o coração e a cabeça.

Dica 2

Durma com os pés mais elevados do que o resto do corpo com a ajuda de uma simples almofada; isso estimula a circulação do sangue e facilita o ato de levantar na manhã seguinte.

Dica 3

Durante a crise também procure ingerir bastante líquido em pequenos goles. Dê preferência a sucos de frutas caso esteja em jejum. Ingerir um pouco de sal também pode ajudar.

Dica 4

Praticar exercícios físicos regularmente contribui para um sistema circulatório saudável e estabiliza a pressão arterial.

Veja também: O guia de exercícios para todas as idades

Dica 5

Se a pressão baixa é algo constante na sua vida, evite permanecer em locais muito quentes e com pouca circulação de ar. Grandes aglomerações de pessoas como shows e blocos carnavalescos, por exemplo, requerem prudência.

Dica 6

Evite produtos como café ou energéticos. A ação estimulante no corpo é temporária e os efeitos colaterais do excesso de cafeína ao longo do tempo são bastante adversos.

Dica 7

Caso os sintomas persistam por mais de 15 minutos é preciso procurar imediatamente um atendimento médico de urgência.