Em 2020, a vacina contra a gripe estará disponível na rede pública de saúde para quem tem a partir dos 55 anos. Até agora, a vacinação gratuita era para pessoas idosas com 60 anos ou mais, entre outros grupos prioritários. A campanha nacional contra o vírus influenza será realizada de 13 de abril a 15 de maio.

A imunização contra a gripe começou no Brasil em 1999, destinada apenas a idosos. Porém, após uma pandemia em 2009, o SUS (Sistema Único de Saúde) ampliou, de forma gradativa, o público-alvo da campanha. Atualmente, a imunização foca em grupos que incluem crianças, adultos, gestantes, pessoas com doenças crônicas, trabalhadores das áreas da saúde e educação, e indígenas. Com a redução da faixa etária, o público-alvo representará aproximadamente 67,7 milhões de pessoas.

Febre amarela

Outra novidade no calendário vacinal do Ministério da Saúde será a ampliação gradativa da vacinação de rotina contra a febre amarela para todos os municípios brasileiros. Também crianças de quatro anos receberão uma dose de reforço contra a doença infecciosa febril aguda.

Em 2017, a pasta seguiu as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) de ofertar apenas uma dose da vacina contra febre amarela. No entanto, segundo o ministério, estudos científicos recentes demonstraram uma diminuição nas respostas imunológicas da criança que é vacinada muito cedo, aos 9 meses, como prevê o calendário nacional.

Sarampo

Além das ações preventivas contra gripe e febre amarela, o ministério fará duas campanhas de vacinação contra o sarampo para públicos não contemplados neste ano.

Em fevereiro e março, a campanha será para crianças e adolescentes de 5 a 19 anos, e, em agosto, para adultos de 30 a 59 anos. As datas ainda não foram divulgadas. Em setembro haverá uma campanha contra a poliomielite e multivacinação para atualização da caderneta.

Campanhas de vacinação nacional para 2020:

Gripe (Influenza)

Data: 13 de abril a 15 de maio de 2020
Público-alvo:

  • População entre 55 e 59 anos
  • Idosos com 60 anos ou mais
  • Crianças de 6 meses a 5 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias)
  • Gestantes
  • Puérperas (até 45 dias após o parto)
  • Trabalhadores da saúde
  • Pessoas com doenças crônicas
  • Professores de escolas pública e privadas
  • Povos indígenas 

Febre amarela

A vacinação será estendida para todos os municípios brasileiros; e terá uma dose de reforço da vacina para crianças com 4 anos, mesmo que já tenha sido imunizada.

Sarampo

Serão feitas mais duas campanha de imunização da doença para públicos não contemplados neste ano.

Fevereiro e março: Para quem tem de 5 a 19 anos
Agosto: Para adultos de 30 a 59 anos

Fonte: Ministério da Saúde

Por ELAINE GRANCONATO / FOLHAPRESS