Não dá para evitar o estresse. Ele é tão natural na nossa vida quanto o oxigênio que precisamos respirar para continuarmos vivos. E, na verdade, um pouco de estresse até faz bem. E isso porque ele impele as pessoas a se superarem, as mantém estimuladas, dá um gás no sistema imunológico e aumenta a autoestima. Mas se houver em excesso, você pode levar muito tempo tentando se recuperar do caos emocional que ele pode causar em seu corpo.

Ansiedade, depressão, saúde debilitada e paralisia psicológica são alguns dos possíveis efeitos do estresse no corpo. O organismo da pessoa estressada começa a liberar hormônios como o cortisol, que avisa o cérebro e o sistema cardiovascular que o corpo está sob ataque constante, levando a problemas graves, de infarto do miocárdio a doenças inflamatórias crônicas, como a artrite. Felizmente, o armário da cozinha guarda um oásis de calma e tranquilidade. E com um pouco de conhecimento você é capaz de minimizar os efeitos do estresse no seu dia a dia. Por isso, confira abaixo alguns tratamentos caseiros.

13 dicas para minimizar o estresse:

Aliseenko/iStock

1. Aposte na vitamina C

Tome 1.000 mg. Num estudo realizado na Alemanha, pesquisadores submeteram 100 pessoas a duas das situações mais estressantes que um ser humano pode enfrentar: falar em público e resolver problemas de matemática. O grupo que tomou o comprimido de vitamina C apresentou níveis menores de cortisol – hormônio produzido como reação a tensão, medo e ansiedade –, além de níveis de pressão arterial menores que as do grupo que não ingeriu a vitamina.


artisteer/iStock

As pessoas que ingeriram a vitamina C também afirmaram se sentir menos estressadas. Frutas cítricas e seus sucos são ótimas fontes de vitamina C. Aliás, um copo de 240 ml de suco de fruta fresca fornece 124 mg de vitamina C, que é mais de duas vezes a ingestão diária recomendada.


taa22/iStock

2. Tome um chá

Embora o chá contenha cafeína, que pode aumentar a agitação, ao que parece, a bebida tem a capacidade mais de acalmar os nervos que agitá-los. Pesquisadores da City University, em Londres, testaram 42 voluntários: pediram-lhes que preenchessem dois testes cientificamente validados para medir os níveis de estresse e ansiedade. Depois, submeteram-nos a uma situação estressante: um teste com tempo controlado. Em seguida, deram à metade do grupo uma xícara de chá e à outra metade um copo de água antes de repetir os testes.


nortonrsx/iStock

Resultado: Os dois grupos apresentaram resultados iguais antes de tomar o chá ou a água. Contudo, o grupo que bebeu o chá ficou bem menos estressado depois do teste. Eles apresentaram queda de 4% nos níveis de ansiedade, enquanto que o grupo que tomou água teve aumento de 25%.